Estilo de liderança e sucesso em projetos de TI em organizações brasileiras

Edmir Parada Vasques Prado, Mônica Mancini, Alexandre Grotta

Resumo


Este artigo trata do estilo de liderança dos gerentes de projeto de tecnologia da informação no contexto das organizações brasileiras públicas e privadas de acordo com porte e setor. Dado que este é um tema ainda pouco explorado em países em desenvolvimento, esta pesquisa tem como objetivo analisar a relação entre o estilo de liderança e o sucesso de projetos de tecnologia de informação no contexto brasileiro e de acordo com o porte e o setor das organizações. A fundamentação teórica foi baseada na literatura sobre liderança e sucesso em projetos. Trata-se de uma pesquisa quantitativa, que compreendeu organizações brasileiras públicas e privadas com uma amostra de 343 profissionais, que atuam no gerenciamento de projetos. Adotou-se o questionário estruturado como instrumento de coleta de dados. Os dados foram coletados no segundo semestre de 2019 e entre os resultados obtidos destacam-se: (1) o estilo de liderança adotado pelas organizações brasileiras carece de aprimoramento em diversos aspectos; (2) o sucesso em projetos de TI possui maior foco no curto e médio prazo do que em questões de longo prazo; e (3) estilo de excelência em liderança foi positivamente associado ao sucesso em projetos de TI. Esta pesquisa contribui para a prática da gestão de projetos, identificando oportunidades para que as organizações brasileiras melhorarem os resultados de longo prazo dos projetos, em especial em organizações de pequeno a médio porte.


Palavras-chave


Estilo de liderança; Sucesso em Projetos; Tecnologia da Informação.

Texto completo:

PDF

Referências


Beringer, C., Jonas, D., & Kock, A. (2013). Behavior of internal stakeholders in project portfolio management and its impact on success. International Journal of Project Management, 31(6), 830-846. (https://doi.org/10.1016/j.ijproman.2012.11.006).

Bhutto, S. Z. A. (2016). Impact of personality traits of manager on the performance of project”. In Proceedings of the International Conference on Industrial Engineering and Operations Management.

Blake, R. R., Mouton, J. S., Barnes, L. B., & Greiner, L. E. (1964). Breakthrough in organization development. Harvard Business Review. (https://hbr.org/1964/11/breakthrough-in-organization-development).

Borges, J. G., & Carvalho M. M. (2014). Abordagens do PMBOK e CMMI sobre o Sucesso dos Projetos de Softwares. Revista de Gestão de Projetos, 5(1), 55-70. (https://doi.org/10.5585/gep.v5i1.161)

Creasy, T., & Anantatmula, V. S. (2013). From every direction - How personality traits and dimensions of project managers can conceptually affect project success. Project Management Journal, 44(6), 36-51. (https://doi.org/10.1002/pmj.21372).

Creswell, J. W. (2009). Mixed Methods Procedures. In Research Design: Qualitative, Quantitative, and Mixed Methods Approaches (3rd ed.). Thousand Oaks: SAGE Publications, 203-226.

Davis, K. (2017). An empirical investigation into different stakeholder groups perception of project success. International Journal of Project Management, 35(4), 604-617. (https://doi.org/10.1016/j.ijproman.2017.02.004).

Delgado, A. P. (2009). Serviços e Desenvolvimento Regional. In: Costa, J. S., & Nijkamp, P. Compêndio de Economia Regional, Volume 1: teoria, temáticas e políticas. Principia, 389-421.

Dias, D. S., Perciuncula, G., Maffia, J., & Antoniolli, P. D. (2017). Perfil da Liderança na Gestão de Projetos: Uma Pesquisa com Profissionais da Área. Revista de Gestão de Projetos, 8(1), 72-89. (https://doi.org/10.5585/gep.v8i1.486).

Farias Filho, J. R., & Almeida, N. O. (2010). Definindo Sucesso em Projetos. Revista de Gestão e Projetos, 1(2), 68-85. (https://doi.org/10.5585/gep.v1i2.16).

Fayaz, A., Kamal, Y., ul Amin, S., & Khan, S. (2017). Critical success factors in information technology projects. Management Science Letters. 7, 73-80. (https://doi.org/10.5267/j.msl.2016.11.012).

Ghimire, D., Gibbs, S., & Charters, S. (2016). Software Development Team Views of Success Factors in Agile projects. In Incorporating the 29th Annual Conference of the National Advisory Committee on Computing Qualifications.

Grzesik, K., & Piwowar-Sulej, K. (2018). Project Managers’ Competencies and Leadership Styles from the Perspective of Organizations Functioning in Poland. Journal of Entrepreneurship, Management and Innovation, 14(3), 35-60. (https://doi.org/10.7341/20181432).

IBGE. (2020). Comissão Nacional de Classificação (CONCLA). (https://cnae.ibge.gov.br/).

Leite N. P., & Martinez, V. P. R. (2010). Projeto de Comunicação Viabilizando a Expressão dos Servidores da SEF/MG. Revista de Gestão de Projetos, 1(1), 114-140. (http://dx.doi.org/10.5585/GeP.20107).

Lloyd-Walker, B., French, E., & Crawford, L. (2016). Rethinking researching project management: understanding the reality of project management careers. International Journal of Managing Projects in Business, 9(4), 903-930. (https://doi.org/10.1108/IJMPB-04-2016-0033)

Masood, M., Khan, R. A., & Shaikh, S. (2018). Impact of Personality Traits of Project Manager on Project Success. Journal of Business Strategies, 12(1), p. 21. (https://link.gale.com/apps/doc/A555703436/AONE?u=capes&sid=AONE&xid=db08b919).

McDonald, J. (2014). Fisher’s exact test of independence. Handbook of Biological Statistics. Sparky House Publishing.

McLeod, L., Doolin, B., & MacDonell, S. G. (2012). A perspective-based understanding of project success. Project Management Journal, 43(5), 68-86. (https://doi.org/10.1002/pmj.21290).

Noro, G. B., & Bronzatti, B. (2013). Identificação e Análise de Fatores Críticos de Sucesso em Projetos. Revista de Gestão e Projetos, 4(1), 116-137. (https://doi.org/10.5585/gep.v4i1.83)

Patah, L. A., & Carvalho, M. M. (2012). Métodos de Gestão de Projetos e Sucesso dos Projetos: Um Estudo Quantitativo do Relacionamento entre estes Conceitos. Revista de Gestão e Projetos, 3(2), 178-206. (https://doi.org/10.5585/gep.v3i2.94)

PMI.. (2017a). A Guide to the Project Management Body of Knowledge – PMBOK Guide (6th ed.). Pennsylvania: Project Management Institute.

PMI. (2017b). Triângulo de Talentos. Disponível em:

Prado, E. P. V., & Takaoka, H. (2006). A terceirização da tecnologia de informação e o perfil das organizações. Revista de Administração-RAUSP, 41(3), 245-256.

Saadé, R. G., Dong, H., & Wan, J. (2015). Factors of project manager success. Interdisciplinary Journal of Information, Knowledge, and Management, 10, 63-80.

Sampieri, R. H., Collado, C. F., & Lucio, P. B. (2006). Modelos de Pesquisa. In Metodologia de pesquisa (3ª ed.). São Paulo: McGraw-Hill, 152-223.

SEBRAE. (2017). Anuário do Trabalho nos Pequenos Negócios. (https://www.dieese.org.br/anuario/2017/anuarioDosTrabalhadoresPequenosNegocios.pdf)

Shenhar, A. J., & Dvir, D. (2007). Reinventing project management: the diamond approach to successful growth and innovation. Hardward Business School Press.

Shenhar, A. J., Tishler A, Dvir. D, Lipovetsky, S., & Lechler T. (2002). Refining the search for project success factors: a multivariate, typological approach. R D Management, 32(2), 111-126.

Siqueira, M. M. M. (2002). Medidas do comportamento organizacional. Estudos de Psicologia, 7(1), 11-18. (https://doi.org/10.1590/s1413-294x2002000300003).

Standish Group. (2015). Chaos Report. Standish Group - Chaos Report. (https://www.standishgroup.com/sample_research_files/CHAOSReport2015-Final.pdf)

Sumner et al. (2006). Exploring the linkage between the characteristics of it project leaders and project success. Information System Management, 23(4), 43-49.

Zhu, Y. Q., & Kindarto, A. (2016). A garbage can model of government IT project failures in developing countries: The effects of leadership, decision structure and team competence. Government Information Quarterly, 33(4), 629-637. (https://doi.org/10.1016/j.giq.2016.08.002).




DOI: https://doi.org/10.5585/gep.v11i2.17387

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Revista de Gestão e Projetos

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

GeP – Revista Gestão e Projetos
ISSN da versão eletronica: 2236-0972
www.revistagep.org