Uso dos jogos de empresas para treinamento de gestão de projetos em órgão público federal

Eduardo de Lima Pinto Carreiro, Emerson Antonio Maccari, Murilo Alvarenga Oliveira, Isabel Cristina Scafuto, André Luiz Barros Nery

Resumo


O presente relato técnico tem como objetivo descrever a aplicação de um treinamento para a formação de profissionais em gestão de projetos de um Órgão Público Federal, dinamizada pelo jogo de empresas, cujo simulador organizacional (PMS-Sim) apresenta conhecimentos introdutórios alicerçados nos Guias de Conhecimento do PMBoK®. Desenvolveu-se um questionário com 27 perguntas, a fim de verificar a impressão dos participantes acerca das competências desenvolvidas pelo treinamento. Este questionário foi dividido em três dimensões (indivíduo, equipe e organização) com nove questões cada. Para análise dos resultados, foi utilizado o Alfa de Cronbach para confirmar se os respondentes tinham compreendido as questões, análises descritivas das médias de cada resposta para o desenvolvimento de radares indicativos de cada dimensão e Análise Multivariada de Covariância (MANCOVA) para compreender se havia diferenças entre as opiniões dos profissionais com e sem experiência na área de projetos. Como resultado, apresentou-se a descrição de um treinamento com uso do jogo de empresas PMS-Sim para a formação em gestão de projetos no setor público. Na impressão dos participantes, os resultados também indicaram que o treinamento desenvolveu competências para o gerenciamento de projetos individuais, em equipe e o organizacional.


Palavras-chave


Treinamento; Jogos de empresa; Gestão de projetos; Órgão público; Competências

Texto completo:

PDF

Referências


Ahsan, K., & Ho, M. (2013). Recruiting Project Managers: A Comparative Analysis of Competencies and Recruitment Signals From Job Advertisements. Project Management Journal, 44(5), 36–54. https://doi.org/10.1002/pmj

Biancolino, C. A., Kniess, C. T., Maccari, E. A., & Rabechini Jr., R. (2012). Protocolo para Elaboração de Relatos de Produção Técnica. Revista de Gestão e Projetos, 3(2), 294–307. https://doi.org/10.5585/gep.v3i2.121

Campos, M. C., Dantas, A. D. B., Da Silva, L. S. C. V., & Milito, C. M. (2020). Avaliação de Maturidade em Gestão de Projetos na Universidade Federal de Alagoas utilizando o Método Prado-MMGP. Revista de Gestão e Projetos, 11(1), 1–16. https://doi.org/10.5585/gep.v11i1.15870

Carreiro, E. de L. P., & Oliveira, M. A. (2015). Jogo de Empresas em Gestão de Projetos: aplicação em uma multinacional automobilística. Revista Pensamento Contemporâneo Em Administração, 9(4), 69. https://doi.org/10.12712/rpca.v9i4.593

Carreiro, E. de L. P., & Oliveira, M. A. (2018). Análise da Implementação de um Programa Vivencial em Gestão de Projetos em Cursos Universitários. Revista de Gestão e Projetos, 09(02), 45–64. https://doi.org/10.5585/gep.v9i2.660

Elizabeth, K., Carvalho, M. De, & Piscopo, M. R. (2014). Fatores de Sucesso da Implantação de um PMO: Um Caso na Administração Pública. Revista Gestão & Tecnologia/Journal of Management and Technology, 14(3), 56–78. https://doi.org/10.20397/2177-6652/2014.v14i3.716

Calixto, G. M., Furlan, P. K., & Carvalho, M. M. de. (2012). Estudo das Tendências na Análise de Competências na Gestão de Projetos através de técnicas de bibliometria. Revista de Gestão e Projetos, 3(1), 181–196.

Melo, A., Dolci, D. B., & Cerqueira, L. S. (2019). Escritórios de Gestão de Projetos no Setor Público à Luz do Paradigma da Nova Administração Pública. Revista Brasileira de Políticas Públicas e Internacionais - RPPI, 4(1), 05–28. https://doi.org/10.22478/ufpb.2525-5584.2019v4n1.40549

Moura, J. M. de, Nobre, A. C. dos S., & Nogueira, G. M. F. (2018). Gestão de projetos públicos no Governo Estadual do Rio Grande do Norte: análise de escritórios de projetos e contratos de gestão. Revista de Gestão e Projetos, 9(3), 139–150. https://doi.org/10.5585/gep.v9i3.10965

Moutinho, J. da A., & Rabechini Jr, R. (2020). Gestão de projetos no contexto público: mapeamento do campo de investigação. Revista de Administração Pública, 54(5), 1260–1285. https://doi.org/10.1590/0034-761220190327

Mrtvi, V. de O., Westphal, F. K., Bandeira-de-Mello, R., & Feldmann, P. R. (2017). Jogos de Empresas: Abordagens ao Fenômeno, Perspectivas Teóricas e Metodológicas. Revista de Administração Contemporânea, 21(1), 19–40. https://doi.org/10.1590/1982-7849rac2017150212

Oliveira, M. A., Carreiro, E. D. L. P., Souza, H. R. dos S., & Dias, J. A. D. S. (2020). PMS-Sim: o simulador educacional em gestão de projetos. Revista de Gestão e Projetos, 11(3), 185–217. https://doi.org/10.5585/gep.v11i3.18216

Oliveira, M. A., & Sauaia, A. C. A. (2011). Impressão Docente Para Aprendizagem Vivencial: Um Estudo Dos Benefícios Dos Jogos De Empresas. Administração: Ensino e Pesquisa, 12(3), 355. https://doi.org/10.13058/raep.2011.v12n3.159

Pereira, S. de A., & Rabechini Jr., R. (2014). As Competências em Gestão de Projetos e a Sua Influência na Empregabilidade dos Gerentes de Projetos. Revista de Gestão e Projetos, 5(3), 30–43.

PMI – Project Management Institute (2017). Um guia do conhecimento em gerenciamento

de projetos (Guia PMBOK). (6a ed.)

Rabechini Jr., R., Carvalho, M. M. de, Rodrigues, I., & Sbragia, R. (2011). A organização da atividade de gerenciamento de projetos: Os nexos com competências e estrutura. Gestão e Produção, 18(2), 409–424. https://doi.org/10.1590/S0104-530X2011000200014

Sauaia, A. C. A. (1995). Satisfação e aprendizagem em jogos de empresas: contribuições para a educação gerencial (Universidade de São Paulo). https://doi.org/10.11606/T.12.1995.tde-23112005-193556

Sauaia, A. C. A. (2006). Conhecimento Versus Desempenho Das Organizações: Um Estudo Empírico Com Jogos De Empresas. REAd - Revista Eletrônica de Administração, 12(1), 1–12.

Sauaia, A. C. A. (2008). Laboratório de gestão: simulador organizacional, jogo de empresas e pesquisa aplicada. Editora Manole.

Souza, H. R. S (2019). Programa de Aprendizagem Vivencial em Gestão De Projetos para Incubadoras de Empresas. Dissertação de Mestrado, Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Federal Fluminense. Recuperado de https://app.uff.br/riuff/handle/1/1321




DOI: https://doi.org/10.5585/iptec.v10i1.21243

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2022 Revista Inovação, Projetos e Tecnologias

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Revista Inovação, Projetos e Tecnologias - IPTEC

e-ISSN: 2318-9851
www.revistaiptec.org

Revista Inovação, Projetos e Tecnologias - IPTEC ©2022 Todos os direitos reservados.

Esta obra está licenciada com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional