Exploração sexual comercial de crianças e adolescentes:

uma análise dos indicadores no estado do Rio Grande do Sul

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5585/2023.22888

Palavras-chave:

Direitos Humanos, criança, adolescente, políticas públicas, exploração sexual comercial.

Resumo

O tema da pesquisa foi delimitado na exploração sexual comercial de crianças e adolescentes no Estado do Rio Grande do Sul. O objetivo geral da pesquisa é analisar os indicadores de ocorrência de exploração sexual comercial de crianças e adolescentes no Estado do Rio Grande do Sul no período de 2010 a 2020. Para tanto, os objetivos específicos são: contextualizar a exploração sexual comercial de crianças e adolescentes e analisar os indicadores da exploração sexual comercial de crianças e adolescentes no Estado do Rio Grande do Sul entre 2010-2020. O problema que orienta a pesquisa é quais são os índices de ocorrência de exploração sexual comercial de crianças e adolescentes no período de 2010 a 2020, no Estado do Rio Grande do Sul? O método de abordagem é o dedutivo e o método de procedimento é o monográfico, utilizando-se das técnicas de pesquisa bibliográfica e documental.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

André Viana Custódio, Universidade de Santa Cruz do Sul (PPGD/UNISC) / Santa Cruz do Sul (RS)

Doutor em Direito pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) com Pós-doutorado na Universidade de Sevilha (US/Espanha); Coordenador adjunto e Professor permanente do Programa de Pós-Graduação em Direito - Mestrado e Doutorado - da Universidade de Santa Cruz do Sul (PPGD/UNISC); Líder do Grupo de Pesquisa Políticas Públicas de Inclusão Social e do Grupo de Estudos em Direitos Humanos de Crianças, Adolescentes e Jovens e Políticas Públicas do PPGD/UNISC; Coordenador do projeto de pesquisa "Articulação intersetorial para proteção de crianças e adolescentes contra a violação de direitos", financiado pelo CNPQ e do projeto institucional de pesquisa "Violação de direitos de crianças e adolescentes: articulação intersetorial de políticas públicas de atendimento, proteção e justiça; Consultor em políticas públicas.

Rafaela Preto de Lima, Universidade de Santa Cruz do Sul - UNISC / Santa Cruz do Sul (RS)

Mestra em Direito com Bolsa Prosuc Capes Modalidade II pelo Programa de Pós-Graduação em Direito da Universidade de Santa Cruz do Sul (UNISC); integrante do Grupo de Pesquisa Políticas Públicas de Inclusão Social e do Grupo de Estudos em Direitos Humanos de Crianças, Adolescentes e Jovens e Políticas Públicas do PPGD/UNISC; integrante do projeto de pesquisa "Articulação intersetorial para proteção de crianças e adolescentes contra a violação de direitos", financiado pelo CNPQ.

Referências

ALENCAR, Vitor Silva. Violência sexual contra crianças e adolescentes: para além do direito penal. Revista Espaço Jurídico: Joaçaba. V. 13, n. 2, 2012, p. 269-280.

BRASIL. Decreto n. 6.481, de 12 de junho de 2008. Regulamenta os artigos 3o, alínea “d”, e 4o da Convenção 182 da Organização Internacional do Trabalho (OIT) que trata da proibição das piores formas de trabalho infantil e ação imediata para sua eliminação, aprovada pelo Decreto Legislativo no 178, de 14 de dezembro de 1999, e promulgada pelo Decreto no 3.597, de 12 de setembro de 2000, e dá outras providências. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2008/decreto/d6481.htm. Acesso em: 12 set. 2022.

BRASIL. Lei n. 13.431, de 4 de abril de 2017. Estabelece o sistema de garantia de direitos da criança e do adolescente vítima ou testemunha de violência e altera a Lei nº 8.069, de 13 de julho de 1990 (Estatuto da Criança e do Adolescente). Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015-2018/2017/lei/l13431.htm. Acesso em: 07 ago. 2022.

BRASIL. Plano Nacional de Enfrentamento da Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes. 2013.

CUSTÓDIO, André Viana; MOREIRA, Rafael Bueno da Rosa. Exploração Sexual Comercial de Crianças e Adolescentes: Reflexões Contemporâneas no Contexto do Brasil, da Argentina e do Uruguai. Curitiba: Multideia, 2015.

CUSTÓDIO, André Viana; LIMA, Rafaela Preto de. O contexto da violência sexual contra crianças e adolescentes. Revista Direitos Sociais e Políticas Públicas (UNIFAFIBE): Bebedouro/SP, v. 11, n. 2, 2023. Disponível em: https://portal.unifafibe.com.br/revista/index.php/direitos-sociais-politicas-pub. Acesso em: 20 nov. 2023.

DIAS, Felipe da Veiga; CHAVES, Patrícia Adriana. A teoria da proteção integral como pressuposto de análise para violência intrafamiliar contra a criança e o adolescente e no Brasil. In: CUSTÓDIO, André Viana; DIAS, Felipe da Veiga; REIS, Suzéte da Silva (orgs.). Violência intrafamiliar contra crianças e adolescentes: proteção integral e políticas públicas. Curitiba: Multideia, 2016. p. 53-70.

DOMENECH, Lauro Miranda, et al. Exploração sexual de crianças e adolescentes em situação de rua no Sul do Brasil. Ciência e Saúde Coletiva: Rio de Janeiro. V. 26, n. 11, 2021.

FABRICIO, López Loor Ángel. La Vulneración de los Derechos de la Niñez al ser maltratados por personas adultocentristas en los hogares y espacios públicos de Chillogallo, frente a la falta de brindar Protección Integral por parte del Estado, la Familia y la Sociedad. Proyecto de Investigación previo a la obtención del Título de: Abogado, Facultad de Jurisprudencia, Ciencias Políticas Y Sociales, Carrera de Derecho. Universidad Central Del Ecuador, Quito, 2016.

JORDÃO, Magna Terra. Contribuições da pedagogia no CREAS: enfrentamento e prevenção de violência sexual contra crianças e adolescente. Projeto de Dissertação (Mestrado Profissional em Ciência, Tecnologia e Educação). Programa de Pós- graduação, Mestrado Profissional em Ciência, Tecnologia e Educação, Faculdade Vale do Cricaré, São Matheus, 2020.

KÜHL, Franciele Letícia. Políticas públicas de atendimento às crianças e adolescentes vítimas de abuso sexual intrafamiliar: uma análise no município de Santa Cruz do Sul no período de 2014 a 2018. Dissertação (Mestrado em Direito). Programa de Pós-graduação em Direito, Universidade de Santa Cruz do Sul, Santa Cruz do Sul, 2018.

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Sistema de Informação de Agravos de Notificação - Sinan. Disponível em: http://tabnet.datasus.gov.br/cgi/deftohtm.exe?sinannet/cnv/violebr.def. Acesso em: 07 ago. 2022.

MOREIRA, Rafael Bueno da Rosa. As estratégias e ações de políticas públicas para a erradicação da exploração sexual comercial nos municípios brasileiros no contexto jurídico e político da teoria da proteção integral dos direitos da criança e do adolescente. Tese (Doutorado em Direito), Programa de Pós-Graduação em Direito. Universidade de Santa Cruz do Sul - Unisc, Santa Cruz do Sul, 2020.

MOREIRA, Rafael Bueno da Rosa; CUSTÓDIO, André Viana. Estratégias municipais para o enfrentamento da exploração sexual comercial de crianças e adolescentes. In: XXVII Encontro Nacional do CONPEDI, 27, 2018, Salvador. Anais eletrônicos. Salvador: UFBA, 2018.

MOREIRA, Rafael Bueno da Rosa; LIMA, Rafaela Preto de. O ciclo de políticas públicas para o enfrentamento da exploração sexual comercial de crianças e adolescentes nos municípios brasileiros. Revista Juris Poiesis: Rio de Janeiro, v. 23, n. 33, 2020.

MOREIRA, Rafael Bueno da Rosa; REIS, Suzéte da Silva. A violência intrafamiliar contra crianças e adolescentes: das causas e consequências. In: CUSTÓDIO, André Viana; DIAS, Felipe da Veiga; REIS, Suzéte da Silva (orgs.). Violência intrafamiliar contra crianças e adolescentes: proteção integral e políticas públicas. Curitiba: Multideia, 2016. p. 71-93.

OIT. Convenção 182 sobre a proibição as piores formas de trabalho infantil e ação imediata para sua eliminação. 1999. Disponível em: https://www.ilo.org/brasilia/convencoes/WCMS_236696/lang--pt/index.htm. Acesso em: 12 set. 2022.

ORDÓÑEZ, Leidy Bibiana Camacho; GONZÁLEZ, Maria Angélica Trujillo. La explotación sexual comercial infantil: una ganancia subjetiva. Revista Latinoamericana de Ciencias Sociales, Niñez y Juventud, Manizales: Colombia, v. 7, n. 2, p. 1.009-1.025, 2009

PAULA, Clarissa da Silva de. Os desafios na materialização do atendimento às crianças e adolescentes vítimas de abuso sexual, no âmbito da política de Assistência Social. Dissertação (Mestrado em Serviço Social). Programa de Pós-graduação em Serviço Social, da Escola de Humanidades, da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2018.

SEN, Amartya Kumar. Desenvolvimento como liberdade. Tradução Laura Teixeira Motta. São Paula: Companhia das Letras,2000.

WAISELFISZ, Julio Jacobo. Mapa da violência 2012: Crianças e Adolescentes do Brasil. Rio de Janeiro: Cebela, 2012.

Downloads

Publicado

27.12.2023

Como Citar

VIANA CUSTÓDIO, André; PRETO DE LIMA, Rafaela. Exploração sexual comercial de crianças e adolescentes:: uma análise dos indicadores no estado do Rio Grande do Sul. Prisma Juridico, [S. l.], v. 22, n. 2, p. 289–308, 2023. DOI: 10.5585/2023.22888. Disponível em: https://periodicos.uninove.br/prisma/article/view/22888. Acesso em: 25 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos