Indicadores de competitividade empresarial para a formulação de estratégias

Adilson Caldeira

Resumo


As constantes mudanças do ambiente desafiam as organizações à formulação de estratégias que lhes confiram competitividade e lhes permitam sobreviver, adequando-se aos padrões de conduta praticados em seu meio de ação. Empre­sas são consideradas competitivas se obtêm resultados satisfatórios a partir de práticas aceitas e valorizadas no ambiente em que atuam motivo pelo qual mui­tas procuram referenciar-se nos exemplos de sucesso. O objetivo principal deste estudo é identificar fontes de informação para avaliação da competitividade na economia internacional e analisar as referências aos padrões de comportamento empresarial competitivo no Brasil. Recorreu-se a fontes de informação bibliográ­fica complementada por pesquisa qualitativa exploratória sobre a disponibilidade de dados setoriais potencialmente utilizados pelas empresas na identificação de sua competitividade. Como principais resultados, destacam-se o resgate da atual discussão conceitual sobre a competitividade empresarial e suas formas de avalia­ção e a identificação de fontes de dados disponíveis no Brasil e em outros países que a possibilitam

Palavras-chave


Competitividade. Desempenho estratégico. Estratégia. Mensuração.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/ijsm.v3i1.54

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista Ibero-Americana de Estratégia – RIAE



Iberoamerican Journal of Strategic Management (IJSM)
Revista Ibero-Americana de Estratégia (RIAE)
e-ISSN: 2176-0756
https://periodicos.uninove.br/index.php?journal=riae

Copyright © 2020 Iberoamerican Journal of Strategic Management (IJSM) All rights reserved.
Revista Ibero-Americana de Estratégia (RIAE) ©2020 Todos os direitos reservados.