A Estrutura de Propriedade das Corporações: Conexões Políticas sob a Perspectiva da Dependência de Recursos

Nathanael Kusch Brey, Silvio Parodi Oliveira Camilo, Rosilene Marcon, Anete Alberton

Resumo


Após a década de 1990, que ficou marcada como a era das privatizações no Brasil, o governo passou a ser acionista de várias empresas privadas. Esta participação do governo pode interferir nos objetivos, nas estratégias e, por fim, no desempenho e na sobrevivência das corporações. Nesse contexto, esse artigo tem como objetivo discutir este fenômeno e a relevância das conexões políticas no nível de estrutura de propriedade para a sobrevivência das organizações. A princípio, os objetivos dos governos, como proprietários, tendem a ser conflitantes com os dos demais acionistas, pois tendem a possuir foco mais de cunho social e político, propiciando assim deficiência no desempenho organizacional da empresa. Pode-se acreditar que o fato de a empresa possuir o governo como acionista garante sua sobrevivência, segundo a teoria da dependência de recursos. Entretanto, esse fato afeta o desempenho da empresa, devido aos objetivos conflitantes do governo. Ademais, é proposta uma forma de mitigar o problema do desempenho, assegurando os benefícios desta conectividade com o governo, reduzindo a participação acionária do governo a um nível minoritário, o que por sinal reduziria o risco de interferência política.

DOI:10.5585/riae.v10i3.1791


Palavras-chave


Teoria da Dependência de Recursos; Estrutura de Propriedade; Conexões Políticas.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/ijsm.v10i3.1791

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2011 Revista Ibero-Americana de Estratégia – RIAE

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Iberoamerican Journal of Strategic Management (IJSM)
Revista Ibero-Americana de Estratégia (RIAE)
e-ISSN: 2176-0756
https://periodicos.uninove.br/index.php?journal=riae

Copyright © 2020 Iberoamerican Journal of Strategic Management (IJSM) All rights reserved.
Revista Ibero-Americana de Estratégia (RIAE) ©2020 Todos os direitos reservados.