Pão e Rosas ou um estudo das relações sociais de sexo através de um filme de Ken Loach

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5585/cpg.v22n2.24808

Palavras-chave:

análise fílmica; trabalho; relações sociais de sexo; filme Pão e Rosas

Resumo

O presente artigo tem o objetivo de discutir os conceitos de trabalho e de relações sociais de sexo relacionando com o filme Pão e Rosas (2000) do cineasta britânico Ken Loach. Primeiramente será realizada uma discussão sobre análise fílmica tomando por base construções realizadas por VIANA (2009), para posteriormente discutir teoricamente os conceitos de trabalho e de relações sociais de sexo (KERGOAT, 2009) com a finalidade de produzir uma base analítica para perceber como o filme aborda as questões teóricas trazidas aqui e como as relações sociais de sexo são fundamentais para compreender as relações de trabalho existentes no mundo contemporâneo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcus Vinícius Costa da Conceição, Instituto Federal Goiano - Campus Morrinhos

Doutor em Sociologia

 

Referências

APPAY, Beatrice; THÉBAUD-MONY, Annie. Precarização social. In: HIRATA, Helena et al. Dicionário crítico do feminismo. São Paulo: UNESP, 2009.

CISNE, Mirla. Relações sociais de sexo, “raça” /etnia e classe: uma análise feminista-materialista. Temporalis, Brasília (DF), ano 14, n. 28, jul./dez. 2014, p. 133-149.

DURKHEIM, Émile. Da divisão social do trabalho. São Paulo: Martins Fontes, 1995.

HIRATA, Helena. Relações sociais de sexo e do trabalho: contribuição à sobre o conceito de trabalho. Em Aberto, Brasília, ano 15, n. 65, jan./mar. 1995, p. 39- 49.

HIRATA, Helena; KERGOAT, Danièle. Novas configurações da divisão sexual do trabalho. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, v. 37, n. 132, set./dez. 2007, p. 595-609.

KERGOAT, Danièle. A relação social de sexo: da reprodução das relações sociais à sua sub-versão. Pro-posições, Campinas, v. 13, n.1 (37), jan./abr. 2002, p. 47-59.

KERGOAT, Danièle. Dinâmica e consubstancialidade das relações sociais. Novos Estudos, São Paulo, n. 86, março 2010, p. 93 – 103.

KERGOAT, Danièle. Divisão sexual do trabalho e relações sociais de sexo. In: HIRATA, He-lena et al. Dicionário crítico do feminismo. São Paulo: UNESP, 2009. p. 67-75.

LEGARDINIER, Claudine. Prostituição I. In: HIRATA, Helena et al. Dicionário crítico do femi-nismo. São Paulo: UNESP, 2009. p. 198 – 202.

MARX, Karl. Manuscritos econômicos e filosóficos. In: FROMM, Erich. O conceito marxista de homem. Rio de Janeiro: Zahar Editores, 1962.

MARX, Karl. O Capital: vol I. São Paulo: Boitempo Editorial, 2013.

MATHIEU, Nicole-Calude. Sexo e Gênero. In: HIRATA, Helena et al. Dicionário crítico do femi-nismo. São Paulo: UNESP, 2009. p. 222-230.

NASCIMENTO, Sara Diniz. Precarização do trabalho feminino: a realidade das mulheres no mundo do trabalho. Revista de Políticas Públicas, vol. Esp, pp. 339-346, 2016.

PISCITELLI, Adriana. Gênero: a história de um conceito. In: ALMEIDA, Heloísa e SZWA-KO, José Eduardo (orgs.). Diferenças, igualdade. São Paulo: Berlendis & Vertecchia, 2009, p. 116 – 148.

RIAL, Carmen; LAGO, Mara Coelho de Souza; GROSSI, Miriam Pillar. Relações sociais de sexo e relações de gênero: entrevista com Michèle Ferrand. Rev. Estud. Fem., Florianópolis, v. 13, n. 3, dez. 2005, p. 677-690.

RODRIGUES, Leôncio Martins. O declínio das taxas de sindicalização: a década de 80. Rev. bras. Ci. Soc., São Paulo, v. 13, n. 36, p., fev. 1998.

VIANA, Nildo. A concepção materialista da história do cinema. Porto Alegre: Asterisco, 2009.

VIANA, Nildo. A formação da esfera artística. In: II SEMANA DE LICENCIATURA EM HISTÓRIA DO IFG-GOIÂNIA, 2012, Goiânia. Anais da II Semana de licenciatura em História do IFG-Goiânia. Goiânia: 2012, p. 1 -12.

VIANA, Nildo. Cinema e mensagem: análise e assimilação. Porto Alegre: Asterisco, 2012.

Downloads

Publicado

26.12.2023

Como Citar

CONCEIÇÃO, Marcus Vinícius Costa da. Pão e Rosas ou um estudo das relações sociais de sexo através de um filme de Ken Loach. Cadernos de Pós-graduação, [S. l.], v. 22, n. 2, p. 272–284, 2023. DOI: 10.5585/cpg.v22n2.24808. Disponível em: https://periodicos.uninove.br/cadernosdepos/article/view/24808. Acesso em: 25 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos