Estudo de viabilidade da secagem da biomassa da banana verde em spray dryer rotativo

Ricardo Kenji Oi, Elias Basile Tambourgi, Deovaldo de Moraes Jr

Resumo


O presente trabalho apresenta um estudo de viabilidade técnica de secagem da biomassa da banana verde em uma unidade piloto de spray dryer com atomizador rotativo. A biomassa da banana verde é um componente que pode ser utilizado industrialmente em uma grande variedade de alimentos, apresentando propriedades funcionais, sobretudo pela presença do amido resistente. As variáveis selecionadas no procedimento experimental foram concentração da biomassa da banana verde, vazão de alimentação e rotação do atomizador. Como respostas foram obtidas a massa e a umidade relativa do produto seco. Três níveis foram utilizados nas variáveis selecionadas, o que correspondeu à realização de 27 ensaios. Nos ensaios no qual foram obtidos os menores valores de umidade relativa, as quantidades de massa também foram as mais baixas, enquanto nos ensaios em que se encontraram as maiores quantidades de massa os teores de umidade relativa situaram-se entre os mais elevados. Tendo em vista a aplicação industrial, cujo objetivo é o baixo nível de umidade e a maior produção do produto, o ensaio 22 foi o mais adequado, sendo encontrados 11 % de umidade e 4,33 g de massa.

Palavras-chave


Alimento funcional. Biomassa da banana verde. Secagem. Spray dryer.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/exacta.v8i2.2057

Direitos autorais



Tempo médio entre a submissão e primeira resposta de avaliação: 120 dias

Exacta – Engenharia de Produção

e-ISSN: 1983-9308
ISSN: 1678-5428
www.revistaexacta.org.br

Exacta  ©2022 Todos os direitos reservados.

Este obra está licenciada com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional