Risco e Retorno dos Investimentos em Empresas com Práticas de Sustentabilidade e de Governança Corporativa

Cleiton Ricardo Kuronuma, Roberto Preti Barciella, Fabiana Lopes Silva

Resumo


A preocupação com a sustentabilidade e a governança corporativa são fenômenos recentes que ganham destaque nas organizações de todos os portes e segmentos econômicos. Medidas de desempenho foram desenvolvidas para avaliar as ações de empresas que investem nestes temas, como os índices de sustentabilidade empresarial (ISE) e de governança corporativa (IGC) na B3. Objetiva-se comparar empresas com práticas de sustentabilidade e governança com o mercado, evidenciando as divergências quanto ao risco e retorno das ações. Coletaram-se posições de fechamento diário dos ISE, IGC e IBOVESPA entre 01/2007 e 12/2016, totalizando 2.472 observações para cada índice. Resultados mostraram que ao nível de significância de 5% não há diferenças entre retornos médios das carteiras analisadas; a com índice IGC apresenta risco menor que as com índices ISE ou IBOVESPA. Empresas que investem em sustentabilidade e governança apresentam retornos similares comparando-se às que não adotam essas práticas, enquanto as que possuem práticas de governança apresentam riscos menores quando comparadas às que não possuem.


Palavras-chave


Sustentabilidade; Governança corporativa; Retorno; Risco

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/iptec.v7i1.162

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista Inovação, Projetos e Tecnologias – IPTEC

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Revista Inovação, Projetos e Tecnologias - IPTEC

e-ISSN: 2318-9851
www.revistaiptec.org

Revista Inovação, Projetos e Tecnologias - IPTEC ©2021 Todos os direitos reservados.

Esta obra está licenciada com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional