Gestão de projetos de pequeno porte: a eliminação de despesas de exercícios anteriores de pessoal em uma organização militar

Julio Cezar Rodrigues Eloi

Resumo


O presente relato técnico trata de uma experiência ocorrida em um Setor de Pagamento de Pessoal de uma Organização Militar, no ano de 2019, oportunidade em que foram analisados cerca de 100 processos de despesas de exercícios anteriores. Em virtude de tal demanda incomum, o comando da Unidade adotou algumas medidas com o intuito de sanar tais óbices que impactavam inúmeros militares no período em tela. A principal medida foi capacitar servidores para o processamento dos requerimentos e evitar a ocorrência de novas solicitações intempestivas. Este trabalho objetivou analisar as medidas adotadas frente ao problema em questão, incorporando o tema da aprendizagem organizacional e a gestão de projetos no âmbito de um setor de pagamento de pessoal militar. O trabalho utilizou o método da pesquisa-ação na intervenção realizada em uma Organização Militar do Exército. O resultado mais relevante obtido foi uma sensível diminuição no número de processos no ano seguinte ao projeto de combate ao impasse administrativo elencado. A conclusão destacou que a capacitação de pessoal, o engajamento das partes interessadas e a comunicação refletem positivamente na redução de problemas administrativos.

 


Palavras-chave


Gestão de projetos; Aprendizagem organizacional; Gestão pública

Texto completo:

PDF

Referências


Alyrio, R. D. (2009). Métodos e técnicas de pesquisa em administração. Rio de Janeiro: Fundação CECIERJ. Recuperado em 01 novembro, 2021, de https://canal.cecierj.edu.br/recurso/6448

Bastos, A. V. B., Gondim, S. M. G., & Loiola, E. (2004). Aprendizagem organizacional versus organizações que aprendem: características e desafios que cercam essas duas abordagens de pesquisa. RAUSP Management Journal, 39(3), 220-230. Recuperado em 01 novembro, 2021, de http://www.spell.org.br/documentos/ver/16796/aprendizagem-organizacional-versus-organizacoes-que-aprendem--caracteristicas-e-desafios-que-cercam-essas-duas-abordagens-de-pesquisa/i/pt-br

Biancolino, C. A., Kniess, C. T., Maccari, E. A., & Rabechini Jr., R. (2012). Protocolo para elaboração de relatos de produção técnica. Revista de Gestão e Projetos, 3(2), 294-307. Recuperado em 01 novembro, 2021, de http://www.spell.org.br/documentos/ver/41922/protocolo-para-elaboracao-de-relatos-de-producao-tecnica/i/pt-br

Brasil. (1932). Decreto nº 20.910, de 06 de janeiro de 1932. Regula a prescrição quinqüenal. Recuperado em 01 novembro, 2021, de http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto/antigos/d20910.htm

Brasil. (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília: Senado Federal, 1988. Recuperado em 01 novembro, 2021, de http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm

Caldeira, A., & Godoy, A. S. (2011). Barreiras e incentivos à aprendizagem organizacional: um estudo de caso. Revista de Gestão, 18(4), 513-530. Recuperado em 01 novembro, 2021, de http://www.spell.org.br/documentos/ver/7432/barreiras-e-incentivos-a-aprendizagem-organizacional--um-estudo-de-caso/i/pt-br

Carvalho, M. M., & Rabechini, R. (2011). Fundamentos em gestão de projetos: construindo competências para gerenciar projetos (3a ed.). São Paulo: Atlas.

Costa, C. M. (2019). Administração Pública Estratégica: Observação Participante da implementação do Sistema de Gerenciamento de Projetos do Exército em uma Organização Militar. Trabalho de conclusão de curso, Universidade Federal da Integração Latino-Americana, Foz do Iguaçu, PR, Brasil. Recuperado em 01 novembro, 2021, de https://dspace.unila.edu.br/handle/123456789/5502?show=full&locale-attribute=en

Exército Brasileiro [EB] (1997). Portaria Ministerial nº 1054, de 11 de dezembro de 1997. Aprova as normas para o pagamento de despesas de exercícios anteriores no Ministério do Exército. Recuperado em 01 novembro, 2021, de http://www.dgo.eb.mil.br/images/sgs/PortMin1054.pdf

Exército Brasileiro [EB] (2012). Portaria nº 134-EME, de 10 de setembro de 2012. Implanta o Escritório de Projetos do Exército - EPEx. Recuperado em 01 novembro, 2021, de http://www.epex.eb.mil.br/images/pdf/P-134-EME-10-09-2012-1.pdf

Exército Brasileiro [EB] (2013). Portaria nº 176-EME, de 29 de agosto de 2013. Aprova as normas para elaboração, gerenciamento e acompanhamento de projetos no Exército Brasileiro e dá outras providências. Recuperado em 01 novembro, 2021, de http://www.sgex.eb.mil.br/sistemas/be/copiar.php?codarquivo=1187&act=bre

Exército Brasileiro [EB] (2015). Portaria nº 204-Cmt Ex, de 17 de março de 2015. Adota o Sistema de Gerência de Projetos do Exército como Software de Apoio ao Gerenciamento de Projetos no âmbito do Exército Brasileiro e dá outras providências. Recuperado em 01 novembro, 2021, de http://www.sgex.eb.mil.br/sistemas/be/copiar.php?codarquivo=1345&act=bre

Fiol, C. M., & Lyles, M. A. (1985). Organizational Learning. The Academy of Management Review, 10(4), 803-813. Recuperado em 01 novembro, 2021, de https://www.jstor.org/stable/258048?seq=1#metadata_info_tab_contents

Gil, A. C. (2002). Como elaborar projetos de pesquisa (3a ed.). São Paulo: Atlas.

Kolb, D. (1984). Experiential Learning: experience as the source of learning and development. New Jersey: Prentice Hall.

Kreutz, R. R., & Vieira, K. M. (2018). A Gestão de Projetos no Setor Público: os desafios de suas especificidades. Gestão Pública: Práticas e Desafios, 9(1), p. 1-20. Recuperado em 01 novembro, 2021, de https://periodicos.ufpe.br/revistas/gestaopublica/article/viewFile/234989/31214

Malmegrim, M. L. (2014). Gestão operacional (3a ed.). Florianópolis: UFSC.

Oliveira, M. F. (2011). Metodologia científica: um manual para a realização de pesquisas em administração. Catalão: UFG.

Paula, G. M. C., & Bida, G. L. (2008). A importância da aprendizagem significativa. Recuperado em 01 novembro, 2021, de http://www.diaadiaeducacao.pr.gov.br/portals/pde/arquivos/1779-8.pdf

Picheth, S. F., Cassandre, M. P., & Thiollent, M. J M. (2016). Analisando a pesquisa-ação à luz dos princípios intervencionistas: um olhar comparativo. Educação, 39(Esp), 1-10. Recuperado em 01 novembro, 2021, de https://www.redalyc.org/articulo.oa?id=848/84850103002

Project Management Institute [PMI] (2017). Um guia do conjunto de conhecimentos em Gerenciamento de Projetos (Guia PMBoK®) (6a ed.). Pensilvânia, EUA.

Rabechini, R.; Carvalho, M. M., Rodrigues, I.; & Sbragia, R. (2011). A organização da atividade de gerenciamento de projetos: os nexos com competências e estrutura. Gestão e Produção, 18(2), 409-424. Recuperado em 01 novembro, 2021, de https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-530X2011000200014

Rezende, L. B. (2015). Gerenciamento de projetos de pequeno porte nas organizações militares do Exército Brasileiro. Giro do Horizonte, 4(1). Recuperado em 01 novembro, 2021, de http://www.ebrevistas.eb.mil.br/GH/article/view/2297/1853

Rowe, S. F. (2006). Project Management for Small Projects. USA: Management Concepts.

Thiollent, M. (2009). Metodologia da Pesquisa-Ação (14a ed.). São Paulo: Cortez.

Vergara, S. C. (1998). Projetos e Relatórios de Pesquisa em Administração (2a ed.). São Paulo: Atlas.

Viana, C, P. (2012). A gestão de projetos no âmbito da administração pública federal: uma visão estratégica. Anais do Congresso CONSAD de Gestão Pública, Brasília, DF, Brasil, 5.




DOI: https://doi.org/10.5585/iptec.v9i2.19155

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Revista Inovação, Projetos e Tecnologias

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Revista Inovação, Projetos e Tecnologias - IPTEC

e-ISSN: 2318-9851
www.revistaiptec.org

Revista Inovação, Projetos e Tecnologias - IPTEC ©2022 Todos os direitos reservados.

Esta obra está licenciada com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional