Remediação de Áreas Contaminadas por Cromo Hexavalente: Relato sobre Gerenciamento de Projeto

Rizia Miranda Aguiar, Marcelo Luiz Dias da Silva Gabriel

Resumo


Com a mudança de abordagem da sociedade em direção a um entendimento mais amplo sobre os limites e restrições impostos a processos e produtos e sobre a consequente necessidade de mitigar danos passados para garantir um presente adequado que não comprometa as gerações futuras este relato apresenta os resultados de um projeto de remediação de área contaminada por cromo hexavalente na cidade de São Paulo, com o objetivo de validar as práticas preconizadas pela literatura e apresentar os resultados advindos da gestão do projeto que, além de seus aspectos técnicos e tecnológicos, contemplasse também o desenvolvimento do método e suas etapas dentro do escopo da Gestão de Projetos. Os resultados encontrados demonstram a eficiência e eficácia do método apresentado e das etapas seguidas na consecução da remediação que permitiram a sistematização do processo na forma de um roteiro. Conclui-se que o exemplo estudado permite aos futuros pesquisadores e profissionais a sua reprodução, constituindo-se em metodologia aplicada com base teórica e empírica.

Palavras-chave


relato técnico; gestão de projetos; remediação de áreas contaminadas; cromo hexavalente

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/iptec.v2i1.15

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Rizia Miranda Aguiar, Marcelo Luiz Dias da Silva Gabriel

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

Revista Inovação, Projetos e Tecnologias - IPTEC

e-ISSN: 2318-9851
www.revistaiptec.org

Revista Inovação, Projetos e Tecnologias - IPTEC ©2022 Todos os direitos reservados.

Esta obra está licenciada com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional