Responsabilidade civil dos pais por danos decorrentes do uso das tecnologias

Matheus Ribeiro de Oliveira Wolowski, Valéria Silva Galdino Cardin

Resumo


Essa pesquisa tem por escopo analisar a abrangência da responsabilidade civil no direito das famílias em decorrência do uso excessivo de tecnologias e da internet por seus filhos. O intuito é avaliar essa conjuntura e identificar se há violação aos direitos da personalidade e se seria possível aplicar a teoria geral da responsabilidade civil. A pesquisa é teórica com revisão de literatura sobre o tema e análises jurisprudenciais. O método utilizado é o dedutivo, no qual se observam determinadas premissas jurídicas e ao final extraem-se conclusões acerca da possível responsabilização dos pais pelos danos causados em virtude do uso de excessivo de tecnologias no contexto familiar.

 


Palavras-chave


responsabilidade civil; família; direitos da personalidade; tecnologias

Texto completo:

PDF

Referências


ALVES, Eliana Calmon. Responsabilidade civil no direito de família. [S.l.: s.n.], 2004.

AZEVEDO, Alda Elizabeth; EISENTEIN, Evelyn; et al. Manual de Orientação: saúde de crianças e adolescentes na era digital. Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP). Departamento de Adolescência, 2016. Disponível em: https://www.sbp.com.br/fileadmin/user_upload/2016/11/19166d-MOrient-Saude-Crian-e-Adolesc.pdf Acesso em: 17 dez. 2020.

BÍSCARO, Beatriz R. Daños derivados de la falta de reconocimiento del hijo. In: GHERSI, Carlos A. (coord.). Derecho de Daños. Economía – mercado – derechos personalíssimos. Buenos Aires: Abeledo-Perrot, 1999.

BRASIL. Lei nº 12.965, de 23 de abril de 2014 - Estabelece princípios, garantias, direitos e deveres para o uso da Internet no Brasil. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2014/lei/l12965.htm Acesso em: 30 nov. 2020.

BRASIL. Lei nº 8.069, de 13 de julho de 1990 - Dispõe sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente e dá outras providências. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l8069.htm Acesso em: 29 nov. 2020.

BRASIL. Tribunal de Justiça de São Paulo. Apelação Cível 0050451-33.2012.8.26.0576; Relator (a): Miguel Brandi; Órgão Julgador: 7ª Câmara de Direito Privado; Foro de São José do Rio Preto - 1ª Vara de Família e Sucessões; Data do Julgamento: 20/08/2015; Data de Registro: 20/08/2015. Disponível em: https://esaj.tjsp.jus.br/cjsg/getArquivo.do?conversationId=&cdAcordao=8731265&cdForo=0&uuidCaptcha=sajcaptcha_d0bc6548002b4267b27b8735c6470b90&g-recaptcha-response=03AGdBq26ELyrus7_th6F9DLyB6imp4-YstXkAS04vAU6leqDoFU-pmA3c-xe7bbirxJU7L2h746BXZibn1ygRrxSbnuXr7HtexCd0kBeEdLEL7BZmo7P4O2ix7I7P-J3xguS23_ih_KgQiRWDo2Rc7Ee76JBuMP4Ila6XcJdYotYtacpV9SdWMM6PnBjjLIasXRk0V9w5DTOtp1eniTfvAJxxei7bef7nPiB3j9q2Q5WlyXiYDZToKfJ1iU-wezndYjcCQxYEOBaBDffihlnjwv566tlK6ToNZmnb-P7l5QsRJ-RZydkvDnPOQ3Sq8IM6DZhEXoRpFSAFE6uVP_D49rCk2V53Cczg-eO-N8ZhVYssyQv_LiXZMClom5Z3SvPtkuc8K9JL87F3jVzq2l9UqHGyyHAIz372xkk4uU0GyRPUTC8iDHKCrGNCWLNVjMU3ZJbkXOAJkF8P6ebKm2LNA4BnuxefCQ5wVA Acesso em: 29 nov. 2020.

BRASIL. Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. Autos n. 0015674-38.2013.8.19.0202 - APELAÇÃO Des(a). MURILO ANDRÉ KIELING CARDONA PEREIRA - Julgamento: 14/11/2018 - VIGÉSIMA TERCEIRA CÂMARA CÍVEL. Disponível em: http://www4.tjrj.jus.br/EJURIS/ImpressaoConsJuris.aspx?CodDoc=3764283&PageSeq=1 Acesso em: 29 nov. 2020.

BUENO, Glaukus Regiani; LUCENA, Tiago Franklin Rodrigues. Geração cabeça-baixa: saúde e comportamento dos jovens no uso das tecnologias móveis. Simpósio Nacional ABCiber, v. 9, p. 573-578, 2016.

CARDIN, Valéria Silva Galdino. Dano moral no direito de família. São Paulo: Saraiva, 2012.

CARDIN, Valéria Silva Galdino. Dano moral no direito de família. RJLB, v.1, n. 6, 2015. Disponível em: http://www.cidp.pt/revistas/rjlb/2015/6/2015_06_1673_1714.pdf Acesso em: 30 nov. 2020.

CARDOSO, D. A Cultura do Quarto e o Uso Excessivo da Internet: Resultados Nacionais do Inquérito EU Kids Online. Crianças e Internet em Portugal: acessos, usos, riscos, mediações: Resultados do Inquérito Europeu EU Kids Online, p. 57-73, 2012.

CAVALIERI FILHO, Sergio. Programa de responsabilidade civil. 6. ed. São Paulo: Malheiros, 2005.

COULANGES, Fustel De. A cidade antiga. São Paulo: Martin Claret, 2002.

DE ALVARENGA DIAS, Fabrizia Miranda; et al. AUTISMO VIRTUAL: AS IMPLICAÇÕES DO USO EXCESSIVO DE SMARTPHONES E TABLETS POR CRIANÇAS E JOVENS. Redin-Revista Educacional Interdisciplinar, v. 8, n. 1, 2019.

DE MORAES, Maria Celina Bodin. Danos morais em família? Conjugalidade, parentalidade e responsabilidade civil. In: SILVA PEREIRA, Tânia da; CUNHA PEREIRA, R. da (coord.). A ética da convivência familiar. Sua efetividade no cotidiano dos tribunais. Rio de Janeiro: Forense, [s.n.],2006.

GAGLIANO, Pablo Stolze; PAMPLONA FILHO, Rodolfo. Novo curso de direito civil: responsabilidade civil. 7. ed. São Paulo: Saraiva, 2009.

GONÇALVES, Carlos Roberto. Responsabilidade civil. 9. ed. São Paulo: Saraiva, 2005.

HIRONAKA, Giselda Maria Fernandes Novaes. Responsabilidade civil na relação paterno-filial. Direito e responsabilidade. Belo Horizonte: Del Rey, p. 1-33, 2002.

https://www.academia.edu/36556677 . Acesso em: 29 nov. de 2020.

ITURRASPE, Jorge Mosset. Responsabilidad por daños. El acto ilítico. Buenos Aires: Rubinzal-Culzoni, 1971.

MARMITT, Arnaldo. Dano moral. Rio de Janeiro: Aide, 1999.

MONATERI, Pier Giuseppe. Natureza e finalidades da responsabilidade civil. Tradução e montagem do texto por Flávio Tartuce e Giuliana Giannessi. Revista de Direito do Consumidor, São Paulo: RT, ano 26, n. 112, p. 59-92, jul.-ago. 2017.

MORAES, Maria Celina Bodin de. TEIXEIRA, Ana Carolina Brochado. Comentários à Constituição do Brasil. J.J. Gomes Canotilho, Gilmar Ferreira Mendes, Ingo Wolfgang Sarlet e Lenio Luis Streck (Coordenação Científica). Léo Ferreira Leoncy (Coordenação Executiva). São Paulo: Saraiva/Almedina, 2014.

PEREIRA DE BARROS, B. et al. O Uso Excessivo Da Internet Por Jovens E Seus Danos Biopsicossociais: Revisão Da Literatura. Revista Saúde, [s. l.], v. 13, n. 3/4, p. 62–69, 2019. DOI 10.33947/1982-3282-v13n3-4-4180. Disponível em: https://search.ebscohost.com/login.aspx?direct=true&db=foh&AN=141090382〈=pt-br&site=eds-live . Acesso em: 30 nov. 2020.

ROSENVALD, Nelson. As funções da responsabilidade civil. A reparação e a pena civil .3 ed. São Paulo: Saraiva, 2017.

SARLET, Ingo Woffgang. Dignidade da pessoa humana e direitos fundamentais. 7. ed. Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2009.

SUPIOT, Alain. Homo juridicus: ensaio sobre a função antropológica do Direito. São Paulo: WMF Martins Fontes, 2007.

TARTUCE, Flávio. Direito civil: direito das obrigações e responsabilidade civil. 3. ed. São Paulo: Método, 2008.

TARTUCE, Flávio. Manual de responsabilidade civil: volume único. Rio de Janeiro: Forense; São Paulo: Método, 2018.

ZAMFIR, Marius. Teodor. The consumption of virtual environment more than 4 ours/day, in the children between 0-3 years old, can cause a syndrome similar with Autism Spectrum Disorder. Journal os Romanian Literacy Studies. Issue n. 13, page 953-968, page 13, 2018. Disponível em: https://www.ceeol.com/search/article-detail?id=742946 Acesso em: 17 dez. 2020

ZANUTTO, Ana Paula Marques; MAZZAFERA, Bernadete Lema; DE ARAUJO, Adilson Vieira. Aspectos jurídicos do afeto em famílias: reflexões sobre a responsabilidade civil dos pais por abandono afetivo. Revista Jurídica da UniFil, v. 16, n. 16, p. 41-58, 2019.




DOI: https://doi.org/10.5585/prismaj.v21n1.19034

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2022 Matheus Ribeiro de Oliveira Wolowski; Valéria Silva Galdino Cardin

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Prisma Jurídico

e-ISSN: 1983-9286

ISSN: 1677-4760
www.revistaprisma.org.br

Esta obra está licenciada com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional