A proteção do patrimônio cultural mineiro pela regulamentação da produção e comercialização dos queijos artesanais

Stela Gomes Ferreira, Beatriz Souza Costa

Resumo


Este trabalho tem como objetivo analisar a importância do patrimônio cultural como forma de preservação da identidade de uma coletividade, tendo como recorte a produção artesanal de queijo no estado de Minas Gerais. Neste contexto, é pertinente questionar se o reconhecimento formal deste patrimônio ensejou mudanças legislativas que preservam e ampliam a possibilidade de produção tradicional do alimento. Como hipótese se levanta que o aspecto cultural, apesar de ser um importante marco para fundamentar as evoluções das normativas, não é o único elemento decisivo, diante da existência de interesses econômicos. Para isto, utiliza-se da metodologia jurídica-teórica, bem como o raciocínio dedutivo e pesquisas bibliográficas transdisciplinares abordando reflexões que perpassam pelo Direito Ambiental e Constitucional, com interface na antropologia, além da análise no campo legislativo.


Palavras-chave


meio ambiente cultural; patrimônio cultural; patrimônio imaterial; queijo artesanal

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicaocompilado.htm. Acesso em: 15 dez. 2021.

BRASIL. Decreto 3.551, de 4 de agosto de 2000. Institui o Registro de Bens Culturais de Natureza Imaterial que constituem patrimônio cultural brasileiro, cria o Programa Nacional do Patrimônio Imaterial e dá outras providências. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto/d3551.htm. Acesso em 03 out. 2020.

BRASIL. Decreto nº 22.928, de 12 de julho de 1933. Erige a cidade de Ouro Preto em monumento nacional. Disponível em: https://www2.camara.leg.br/legin/fed/decret/1930-1939/decreto-22928-12-julho-1933-558869-publicacaooriginal-80541-pe.html. Acesso em: 03 out. 2020.

BRASIL. Decreto nº 25 de 30 de novembro de 1937. Organiza a proteção do patrimônio histórico e artístico nacional. Disponível em: Acesso em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto-lei/del0025.htm . Acesso em: 03 out. 2020.

Brasil. Decreto nº 9.918 de 18 de julho de 2019. Dispõe sobre o processo de fiscalização de produtos alimentícios de origem animal produzidos de forma artesanal. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Brasília. Disponível em: https://www.in.gov.br/web/dou/-/decreto-n-9918-de-18-de-julho-de-2019-198615217. Acesso em: 03 out. 2020.

BRASIL. Instrução Normativa do MAPA n. 57, de 15 de dezembro de 2011. Diário Oficial da União, Brasília, 2011. Disponível em: https://www.normasbrasil.com.br/norma/instrucao-normativa-57-2011_78290.html. Acesso em: 03 out. 2020.

BRASIL. Lei n.º 12.408, de 25 de maio de 2011. Altera o art. 65 da Lei nº 9.605, de 12 de fevereiro de 1998, para descriminalizar o ato de grafitar, e dispõe sobre a proibição de comercialização de tintas em embalagens do tipo aerossol a menores de 18 (dezoito) anos. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2011/lei/l12408.htm. Acesso: 26 set. 2020.

BRASIL. Lei n.º 13.860, de 08 de julho de 2019. Dispõe sobre a elaboração e a comercialização de queijos artesanais e dá outras providências. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2019-2022/2019/Lei/L13860.htm. Acesso: 26 set. 2020.

BRASIL. Lei nº 9.605, de 12 de fevereiro de 1998. Dispõe sobre as sanções penais e administrativas derivadas de condutas e atividades lesivas ao meio ambiente, e dá outras providências. Disponível em http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L9605.htm. Acesso: 26 set. 2020.

BRASIL. Ministério da Agricultura. Instrução Normativa no. 30, de 7 de agosto de 2013. Diário Oficial da União: seção 1, Brasília, DF. ano 150, no. 152, p. 19, 8 ago. 2013. Disponível em: https://www.in.gov.br/materia/-/asset_publisher/Kujrw0TZC2Mb/content/id/30808894/do1-2013-08-08-instrucao-normativa-n-30-de-7-de-agosto-de-2013-30808890. Acesso em: 15 dez. 2021.

CALDAS, Roberto Correia S. G.; SILVA, Camila Barreto P.; BARROSO, Saulo. Furtado. A transversalidade horizontal sistêmico-integrativa da dimensão ambiental de desenvolvimento sustentável: uma conceituação em evolução. Veredas do Direito, Belo Horizonte, v. 17, n. 38, p. 41-68, maio/ago. 2020. Disponível em: http://revista.domhelder.edu.br/index.php/veredas/article/view/1749. Acesso em: 15 dez. 2021.

CASTRO, Mariana Tôrres de. Aspectos legais e produtivos, inocuidade e qualidade microbiológica do queijo minas artesanal produzido em uma propriedade rural de Santa Vitória-MG. 2019. 1423 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Tecnologia de Alimentos, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Goiano, Rio Verde, 2019. Disponível em: https://repositorio.ifgoiano.edu.br/handle/prefix/657. Acesso em: 03 out. 2020.

COSTA, Beatriz Souza. A proteção do patrimônio cultural como um direito fundamental. In: RESENDE, Elcio Nacur; SJ UMBERTO, Paulo. Temas de direito ambiental e desenvolvimento sustentável. Belo Horizonte: O Lutador, 2010. p. 66-88.

GEERTZ. Clifford. A interpretação das culturas. Rio de Janeiro. LTC, 2008.

IPHAN. INSTITUTO DO PATRIMÔNIO HISTÓRICO E ARTÍSTICO NACIONAL. [2020]. Patrimônio Imaterial. Disponível em: http://portal.iphan.gov.br/pagina/detalhes/234. Acesso em: 03 out. 2020.

IPHAN. INSTITUTO DO PATRIMÔNIO HISTÓRICO E ARTÍSTICO NACIONAL. Angela Gutierrez. Conselheira do Conselho Consultivo do Iphan. Parecer do Conselho Consultivo. Belo Horizonte, 2008. Disponível em: http://portal.iphan.gov.br/uploads/ckfinder/arquivos/Modo_fazer_queijo_minas_parecer_conselho_consultivo.pdf. Acesso em: 03 out. 2020.

IPHAN. INSTITUTO DO PATRIMÔNIO HISTÓRICO E ARTÍSTICO NACIONAL. Ministério da Cultura. Queijo Artesanal de Minas patrimônio cultural do Brasil: dossiê interpretativo. Belo Horizonte, 2006. Disponível em: http://portal.iphan.gov.br/uploads/ckfinder/arquivos/Dossie_modo_fazer_queijo_minas.pdf. Acesso em: 03 out. 2020.

IPHAN. INSTITUTO DO PATRIMÔNIO HISTÓRICO E ARTÍSTICO NACIONAL. Modo artesanal de fazer queijo de Minas: Serro, Serra da Canastra e Serra do Salitre (Alto Paranaíba). Brasília, 2014. Disponível em: http://portal.iphan.gov.br/uploads/publicacao/Dossie_Queijo_de_Minas_web.pdf. Acesso em: 03 out. 2020.

KALIL, Ana Paula Maciel Costa; FERREIRA, Heline Sivini. A Dimensão Socioambiental do Estado de Direito. Revista Veredas do Direito, Belo Horizonte, v. 14, n. 28, jan./abr. 2017. Disponível em: http://revista.domhelder.edu.br/index.php/veredas/article/view/1010. Acesso em: 15 dez. 2021.

MELO, Régis; RODRIGUES, Fernanda; SOARES, Lucas. Queijos de MG conquistam 50 medalhas em concurso mundial na França. 2019. G1. Disponível em: https://g1.globo.com/mg/sul-de-minas/minas-dos-queijos/noticia/2019/06/04/queijos-de-mg-conquistam-serie-de-premios-em-concurso-mundial-na-franca.ghtml. Acesso em: 03 out. 2020.

MENESES, José Newton Coelho. Modos de fazer e a materialidade da cultura "imaterial": o caso do queijo artesanal de Minas Gerais. Patrimônio e Memória (UNESP), v. 5, p. 27-41, 2009. Disponível em: https://pem.assis.unesp.br/index.php/pem/article/view/75/527. Acesso em: 06 out. 2020.

MINAS GERAIS. Decreto n.º 45.821, de 20 de dezembro de 2011. Dispõe sobre a habilitação sanitária do agricultor familiar e do estabelecimento agroindustrial rural de pequeno porte e dá outras providências. Belo Horizonte. Disponível em: https://www.legisweb.com.br/legislacao/?id=140253.htm. Acesso: 26 set. 2020.

MINAS GERAIS. Decreto nº 48.024 de 19 de agosto de 2020. Regulamenta a Lei nº 23.157, de 18 de dezembro de 2018, que dispõe sobre a produção e a comercialização dos queijos artesanais de Minas Gerais. Disponível em: https://www.almg.gov.br/consulte/legislacao/completa/completa.html?tipo=DEC&num=48024&comp=&ano=2020. Acesso: 26 set. 2020.

MINAS GERAIS. Lei n.º 14185, de 31 de janeiro de 2002. Dispõe sobre O Processo de Produção do QMAe Dá Outras Providências. Belo Horizonte. Disponível em: https://www.legisweb.com.br/legislacao/?id=140253.htm. Acesso: 26 set. 2020.

MINAS GERAIS. Lei n.º 19.476, de 11 de janeiro de 2011. Dispõe sobre a habilitação sanitária de estabelecimento agroindustrial de pequeno porte no Estado e dá outras providências. Disponível em: https://www.legisweb.com.br/legislacao/?id=142621. Acesso: 26 set. 2020.

MINAS GERAIS. Lei n.º 23.157, de 18 de dezembro de 2018. Dispõe sobre A Produção e A Comercialização dos Queijos Artesanais de Minas Gerais. Belo Horizonte. Disponível em: https://www.almg.gov.br/consulte/legislacao/completa/completa.html?tipo=LEI&num=23157&comp=&ano=2018. Acesso: 26 set. 2020.

MIRANDA, Marcos Paulo de Souza. Tutela do patrimônio cultural brasileiro-doutrina-jurisprudência- legislação. Belo Horizonte: Del Rey, 2006.

MONTEIRO, Rodrigo Paranhos; CHAVES, Ana Carolina Sampaio Doria. O Queijo Minas Artesanal e seu potencial para agroindústria familiar. In: BRASIL. Rodrigo Paranhos Monteiro. Queijo Minas Artesanal: valorizando a agroindústria familiar. Brasília: Embrapa, 2018. p. 17-34. Disponível em: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/1110220. Acesso em: 29 set. 2020.

SARLET, Ingo Wolfgang; MARINONI, Luiz Guilherme; MITIDIERO, Daniel. Curso de direito constitucional. 7. ed. São Paulo: Saraiva, 2018.

SILVA, Paulo Sérgio; SILVA, Ana Paula da. Patrimônio Cultural Imaterial: a atuação do iphan e do iepha/mg. Cadernos de Pesquisa do Cdhis, [S.L.], v. 33, n. 1, p. 40-68, 24 jun. 2020. Semestral. EDUFU - Editora da Universidade Federal de Uberlândia. http://dx.doi.org/10.14393/cdhis.v33n1.2020.55181. Disponível em: http://www.seer.ufu.br/index.php/cdhis/article/view/55181/29392. Acesso em: 06 out. 2020.

TEIXEIRA, Patrícia. Após ação da Vigilância Sanitária, chef Roberta Sudbrack decide fechar estande no Rock in Rio. 2017. G1. Disponível em: https://g1.globo.com/musica/rock-in-rio/2017/noticia/apos-acao-da-vigilancia-sanitaria-chef-roberta-sudbrack-decide-fechar-estande-no-rock-in-rio.ghtml. Acesso em: 03 out. 2020.




DOI: https://doi.org/10.5585/prismaj.v20n2.19342

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Prisma Juridico

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Prisma Jurídico

e-ISSN: 1983-9286

ISSN: 1677-4760
www.revistaprisma.org.br

Esta obra está licenciada com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional