Dever fundamental do marítimo na segurança do tráfego aquaviário: uma análise sob a perspectiva tecnológica

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5585/prismaj.v21n2.22205

Palavras-chave:

segurança, tráfego aquaviário, dever fundamental, Tecnologia, direitos humanos.

Resumo

A pesquisa em tela propõe analisar o dever fundamental do marítimo na segurança do tráfego aquaviário sob uma perspectiva tecnológica. Neste sentido, o estudo tem como propósito verificar à luz do texto constitucional a temática da segurança, conjugando-a com a legislação atinente à segurança do tráfego aquaviário, nomeadamente com a Lei n.º 9.537/97, principal norma nacional sobre a Segurança do Tráfego Aquaviário (LESTA); com o Decreto n.º 2.596 de 1998 (RLESTA) que regulamenta a referida norma; e com as normas infralegais emanadas pela Marinha do Brasil (autoridade marítima). Serão abordados no trabalho os principais aspectos atinentes à segurança do tráfego aquaviário com o recorte do viés tecnológico de modo a desvelar a importância de o marítimo cumprir as referidas preconizações. Tal prática por parte dos marítimos será de extrema valia para a promoção da segurança do tráfego aquaviário, demonstrando que para além de um gesto de solidariedade, conforme a hipótese apresentada, a contribuição para com a segurança do tráfego aquaviário por esse grupo se desvelará, sob o fio condutor do método fenomenológico, como um dever fundamental.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

João Bernardo Antunes de Azevedo Guedes, Faculdade de Direito de Vitória / Vitória, ES

Professor Universitário. Advogado. Mestre  e Doutorando em Direitos e Garantias Constitucionais Fundamentais (FDV). Especialista em Direito Público e Tributário (UCAM), com LLM em Direito Empresarial (FGV). 

Daury Cesar Fabriz, Faculdade de Direito de Vitória / Vitória, ES

Doutor em Direito pela Universidade Federal de Minas Gerais (2001), Mestre em Direito pela Universidade Federal de Minas Gerais (1998), graduado em Direito pelo Centro Superior de Ciências Sociais de Vila Velha (1988), graduado em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Espírito Santo (1994). Professor do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Direitos e Garantias Fundamentais da FDV – Mestrado e Doutorado

Referências

ALEXANDRINO, José de Melo. Direitos fundamentais: introdução geral. Estoril: Princípia, 2007.

AURELIANO, Nuno. A salvação marítima. Coimbra: Almedina, 2006.

BARCELLOS, Ana Paula de. Curso de direito constitucional. 4. ed. Rio de Janeiro: Forense 2022.

CANOTILHO, José Joaquim Gomes. Direito constitucional e teoria da constituição.7. ed. Coimbra: Almedina, 2003.

CASTRO JUNIOR, Oswaldo Agripino de (coord.). Direito marítimo: temais atuais.. Belo Horizonte: Forum: 2012.

CLÈVE, Clèmerson Martins. Temas de direito constitucional. 2. ed. Belo Horizonte: Forum, 2014.

DARTIGUES, André. O que é fenomenologia? São Paulo: Centauro: 2008.

CHAI, Cássius Guimarães; ALMEIDA, Igor Martins Coelho. A participação cidadã no processo de construção de políticas de segurança pública: uma análise sobre o Projeto de Lei de instituição do Sistema Único de Segurança Pública. Revista de Direitos e Garantias Fundamentais da Faculdade de Direito de Vitória, v. 15, n. 2, jul./dez.2014. Disponível em: https://sisbib.emnuvens.com.br/direitosegarantias/article/view/586. Acesso em: 10 set. 2021.

DELGADO, Joedson de Souza; SILVA, Ana Paula Henriques da. A fiscalização sanitária das embarcações em águas jurisdicionais brasileiras: notas acerca da (in)efetividade da Súmula 50 da AGU. Revista de Direito Internacional, Brasília, v. 12, n. 1, p. 250-263, 2015. Disponível em: https://www.publicacoesacademicas.uniceub.br/rdi/article/view/3358/pdf. Acesso em: 15 nov. 2021.

FABRIZ, Daury Cesar; GONÇALVES, Luísa Cortat Simonetti. Dever Fundamental: a construção de um conceito. In: DE MARCO, Christian Magnus et al. Direitos fundamentais civis: teoria geral e mecanismos de efetividade no Brasil e na Espanha.Tomo I. Joaçaba: Editora UNOESC, 2013. p. 87-96.

FABRIZ, Daury Cesar; ABIKAIR FILHO, Jorge. A teoria geral da prestação do dever fundamental, sob a ótica de Lévinas. Derecho Y Cambio Social, 2013. Disponível em: https://www.derechoycambiosocial.com/revista031/A_TEORIA_GERAL_DA_PRESTA%C3%87%C3%83O.pdf. Acesso em: 12 out. 2021.

FABRIZ, Daury Cesar; GOMES, José Geraldo. Dos deveres fundamentais: uma abordagem sobre o dever fundamental de contribuir com a Segurança Pública. In: BUSSINGUER, Elda Coelho. Direitos fundamentais: pesquisa. Curitiba: CRV, 2011.

FABRIZ, Daury Cesar; OBREGÓN, Marcelo Fernando Quiroga. O dever fundamental de proteção ambiental no mar territorial. Revista de Direito da Faculdade de Direito da Universidade Federal de Minas Gerais. n. 65, 2014. Disponível em: https://revista.direito.ufmg.br/index.php/revista/article/view/1635. Acesso em: 10 set. 2021.

GILBERTONI, Carla. Teoria e prática do direito marítimo. Rio de Janeiro: Renovar: 2005.

GROBÉRIO, Sonia do Carmo. Arranjo federativo brasileiro, políticas públicas e o direito fundamental à segurança pública: análise da descentralização da política de drogas no Estado do Espírito Santo à luz da teoria do risco na sociedade. Tese de Doutorado realizado junto à Faculdade de Direiro de Vitória. 27 de março de 2020. Disponível em: http://repositorio.fdv.br:8080/browse?type=author&value=GROB%C3%89RIO%2C+Sonia+do+Carmo. Acesso em: 15 out. 2021.

HEES, Regina; FRANCO, Sebastião Pimentel. A história da praticagem no Espírito Santo. Belo Horizonte: Fino Traço, 2019.

HUSSERL.Edmund. A ideia da fenomenologia. Lisboa: Edições 70, 2015.

MARQUES, Fabiano Lepre. Controle de políticas públicas: justiciabilidade imediata do direito fundamental à segurança pública. Revista de Direitos e Garantias Fundamentais da Faculdade de Direito de Vitória, n. 10, jul./dez. 2011. Disponível em : https://sisbib.emnuvens.com.br/direitosegarantias/article/view/124/113. Acesso em: 10 set. 2021.

NABAIS, José Casalta. O dever fundamental de pagar impostos: contributo para a compreensão constitucional do estado fiscal contemporâneo. Coimbra: Almedina, 2009.

NABAIS, José Casalta. A face oculta dos direitos fundamentais: os deveres e os custos dos direitos. In: Por um Estado fiscal suportável: estudos de direito fiscal. Coimbra: Almedina, 2005. Disponível em: http://www.egov.ufsc.br/portal/sites/default/files/anexos/15184-15185-1-PB.pdf. Acesso em: 10 set. 2021.

OTERO, Paulo. Instituições políticas e constitucionais. volume 1 Coimbra: Almedina, 2007.

PECES-BARBA MARTÍNEZ, Gregorio. Los deberes fundamentales. Doxa. Alicante, n. 04, p. 329-341, 1987. Disponível em: http.cervantesvirtual.com/nd/ark:/59851/bmcxp7d3. Acesso em: 10 set. 2021.

PEDRA, Adriano Sant’Ana; TAVARES, Henrique da Cunha Tavares. A eficácia dos deveres fundamentais. Revista Derecho y Cambio Social. Disponível em: www.derechoycambiosocial.com/revista037/A_EFICACIA_DOS_DEVERES_FUNDAMENTAIS.pdf. Acesso em: 10 set. 2021.

PIMENTA, Matusalém Gonçalves. Processo marítimo: formalidades e tramitação. 2 ed. Barueri: Manole, 2013.

REI, Fernando. FARIAS, Valeria Cristina. O grande jogo do Ártico: reflexões com base

na perspectiva de exploração econômica à tutela ambiental. Revista de Direito Internacional, Brasília, v. 12, n.º 1, 2015, p. 250-263. Disponível em: https://www.publicacoesacademicas.uniceub.br/rdi/article/view/3556/pdf. Acesso em: 15 nov. 2021.

ROSSO, Paulo Sergio. Solidariedade e direitos fundamentais na Constituição brasileira de 1988. Revista de Direitos e Garantias Fundamentais da Faculdade de Direito de Vitória, n. 3, jul./dez. .2008. Disponível em: https://sisbib.emnuvens.com.br/direitosegarantias/article/view/50/47. Acesso em 10 de setembro de 2021.

SARLET, Ingo Wolfgang. A eficácia dos direitos fundamentais. 9. ed. Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2008.

SARLET, Ingo Wolfgang. FENSTERSEIFER, Tiago. Princípios do direito ambiental. 2. ed. São Paulo: Saraiva, 2017.

STRECK, Lenio Luiz. Morais, José Luis Bolzan de. Ciência política e teoria do estado. 7 ed. Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2010.

Downloads

Publicado

17.11.2022

Como Citar

AZEVEDO GUEDES, João Bernardo Antunes de; FABRIZ, Daury Cesar. Dever fundamental do marítimo na segurança do tráfego aquaviário: uma análise sob a perspectiva tecnológica. Prisma Juridico, [S. l.], v. 21, n. 2, p. 386–408, 2022. DOI: 10.5585/prismaj.v21n2.22205. Disponível em: https://periodicos.uninove.br/prisma/article/view/22205. Acesso em: 28 nov. 2023.

Edição

Seção

Artigos