Os Movimentos Feminista e de Mulheres frente aos conflitos de gênero no Brasil

Angelita Maria Maders, Rosângela Angelin

Resumo


Os conflitos sociais fazem parte da evolução da sociedade e dos processos de resistência. As relações de gênero e o reconhecimento, por vezes equivocado, da identidade feminina são causas de conflitos sociais, uma vez que, frente a esse cenário, sempre houve um movimento de resistência das mulheres em busca da equidade nas relações de gênero. Na modernidade, esses movimentos feministas e de mulheres se organizaram de tal forma que foram capazes de alterar a situação discriminatória existente, sendo considerados os precursores de muitos avanços na melhoria da vida das mulheres. Assim, o presente artigo pretende abordar a caminhada desses movimentos, em especial no Brasil, apontando os avanços jurídicos e a necessidade de permanente vigília e luta contra qualquer forma de opressão e discriminação, tendo como referencial a questão de gênero.

Palavras-chave


movimentos feminista e de mulheres- conflitos sociais - relações de gênero - mulheres - Direito

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/prismaj.v11v1.3117

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



Prisma Jurídico

e-ISSN: 1983-9286

ISSN: 1677-4760
www.revistaprisma.org.br

Esta obra está licenciada com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional