Sustentabilidade e competitividade: novas fronteiras a partir da gestão ambiental

Armindo dos Santos de Souza, José Carlos Barbieri, João Mário Csillag

Resumo


O artigo discute o conceito de sustentabilidade, elaborado pelos campos de conhecimento das estratégias competitivas e da gestão ambiental, apontando pontos de ruptura e convergência entre essas tradições teóricas. Analisa-se a evolução da perspectiva de sustentabilidade sob a ótica das estratégias competitivas, para, em seguida, caracterizar as controvérsias teóricas em relação a esse conceito no campo ambiental. Pressupõe-se a existência de pontos de convergência entre esses dois enfoques, até mesmo porque as práticas de gerenciamento ambiental têm sido objeto de estudo das estratégias competitivas. Para determinadas correntes ambientalistas, no entanto, a sustentabilidade é vista sob vieses que impossibilitam a articulação com atividades e conceitos vinculados à esfera empresarial. É nesse ponto que o artigo apresenta sua contribuição mais relevante, ao discutir os impactos da incorporação de variáveis do gerenciamento ambiental ao conceito de sustentabilidade da competitividade, um procedimento que visa a ampliar a noção de sustentabilidade em empreendimentos empresariais.


Palavras-chave


Base da pirâmide. Competitividade. Gestão ambiental. Sustentabilidade.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/ijsm.v5i1.95

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista Ibero-Americana de Estratégia – RIAE



Iberoamerican Journal of Strategic Management (IJSM)
Revista Ibero-Americana de Estratégia (RIAE)
e-ISSN: 2176-0756
https://periodicos.uninove.br/index.php?journal=riae

Copyright © 2020 Iberoamerican Journal of Strategic Management (IJSM) All rights reserved.
Revista Ibero-Americana de Estratégia (RIAE) ©2020 Todos os direitos reservados.