Bibliometric review on business merger and acquisition in Brazil

Mariana Rodrigues Calil, Janaína Maria Bueno, Carlos Roberto Domingues, Jacquelaine Florindo Borges

Abstract


Objective: To analyze the academic production on Mergers and Acquisitions (M&A), in Brazilian Portuguese, through a bibliometric and integrative review, given the importance of these strategies for the business growth and the high number of occurrences in the country.
Methodology: Exploratory research, with bibliometric and integrative literature in 68 articles published from 2000 to 2018, found in Spell database and Capes Periodicals Portal.
Originality/relevance: Even with the interest and importance of M&A strategies for companies and the country’s economy, no bibliometric or integrative reviews on the topic were found, unlike the international scenario, in which there are works on the research panorama and interests in studies.
Main results: Researchers from different regions study the theme without the same intensity of occurrence of M&A in the country. There is a certain degree of concentration of authors, journals and institutions, but inconstant in the investigated term. When using the Atlas TI® and VOSviewer® software, four groups were found – Economy/Finance, Strategy, M&A Management Process and Culture – which reflect the main thematic lines and are consistent with the cocitation analysis that pointed the use of international/national references in financial, strategic and management perspectives. It is noteworthy that only more recent articles (2015-2018) cite other authors, mainly international ones.

Theoretical contributions: Presentation of an integrative panorama of M&A research in Brazilian Portuguese, with a trajectory of the theme, characteristics, gaps and missing subjects, proposal of a study agenda, in order to more robust research and a more plural and interdisciplinary understanding of the topic.


Keywords


Mergers and acquisitions; Integrated literature review; Bibliometry.

References


Almada, L., & Policarpo, R. V. S. (2016). A relação entre o estilo de liderança e a resistência à mudança dos indivíduos em um processo de fusão. Revista de Gestão, 23(1), 10-19.

Atz, V., & Rese, N. (2013). Identificação de elementos culturais na aquisição de uma empresa familiar por um fundo de private equity: um estudo de caso. Revista de Empreendedorismo e Gestão de Pequenas Empresas, 2(2), 73-91.

Bettinazzi, M. L. M., Miller, D., & Corbetta, M. D. A. G. (2018). Ownership similarity in Mergers and Acquisitions target selection. Strategic Organization, 18(2), 330-361.

Bichara, K. R., & Camargos, M. A. (2011). Desmutualização, abertura de capital e fusão da Bovespa e BM&F: uma análise das suas vantagens, desvantagens e consequências. Revista de Administração, Contabilidade e Economia da FUNDACE, 2(2), 1-15.

Binder, M. P., Maccari, E. A., & Nasser-Carvalho, L. F. (2010). Competência central e lógica dominante: contribuições à análise de processos de fusão e aquisição. Revista de Ciências da Administração, 12(28), 83-104.

Bomfim, E. T., & Callado, A. L. C. (2016). Análise dos efeitos provocados pelas operações de fusões e aquisições no desempenho econômico-financeiro de empresas brasileiras. Contabilidade Vista & Revista, 27(3), 105-123.

Borges, C. E. A., Silva, G. A. V., & Corrêa, M. L. (2009). Mudança na percepção de valor em cooperativas de crédito pós-aglutinação: um estudo de caso. Revista Gestão & Planejamento, 10(2), 157-178.

Brandão, H. P., Silva, R. A. C. D., Freitas, I. A., Pereira, S. C. M., & Santos, W. S. F. D. (2013). Gestão de pessoas como fator de sucesso na incorporação da Nossa Caixa pelo Banco do Brasil. Revista de Administração Contemporânea, 17(5), 598-619.

Camargos, M. A., & Barbosa, F. V. (2005a). Análise do desempenho econômico-financeiro e da criação de sinergias em processos de fusões e aquisições do mercado brasileiro ocorridos entre 1995 e 1999. Revista de Gestão, 12(2), 99-115.

Camargos, M. A., & Barbosa, F. V. (2005b). Da fusão Antárctica/Brahma à fusão com a Interbrew: uma análise da trajetória econômico-financeira e estratégica da Ambev. Revista de Gestão, 12(3), 47-63.

Camargos, M. A., & Barbosa, F. V. (2007). Análise empírica da reação do mercado de capitais brasileiro aos anúncios de fusões e aquisições ocorridos entre 1994 e 2001. RAUSP Management Journal, 42(4), 468-481.

Camargos, M. A., & Barbosa, F. V. (2010). Fusões e aquisições de empresas brasileiras: sinergias operacionais, gerenciais e rentabilidade. Contabilidade Vista & Revista, 21(1), 69-99.

Camargos, M. A., & Minadeo, R. (2007). Aquisições na aviação civil brasileira: uma análise da trajetória da Gol e da Varig até a sua aquisição. Gestão e Sociedade, 1(2), 1-30.

Carvalho, B. O., Garcia, E. A. R., Bizarria, F. P. A., Melo, L. H. A., & Forte, S. H. A. C. (2014). Aculturação e institucionalização em aquisição internacional no setor automobilístico. Revista de Administração FACES Journal, 13(4), 109-128.

Chueke, G. V., & Amatucci, M. (2015). O que é bibliometria? Uma introdução ao fórum. InternexT – Revista Eletrônica de Negócios Internacionais da ESPM, 10(2), 1-5.

Carmona, C. U. M., & Araújo, J. P. (2011). Fusões e Aquisições: uma análise teórico-prática à luz dos estudos de caso da Sadia e da Ecodiesel. In 5 Seminário UFPE de Ciências Contábeis. Recife: UFPE.

Falcão, A., & Muzzio, H. (2013). Antes inimigos, agora um só corpo: perspectivas culturais em um processo de fusão entre concorrentes. Revista Organizações em Contexto, 9(18), 1-23.

Ferreira, T. S. V., & Callado, A. L. C. (2015). Fusões e Aquisições no Brasil: reflexões acerca da evolução do volume de transações. Revista Pensamento Contemporâneo em Administração, 9(2), 70-83.

Ferreira, M. P., Santos, J. C., Almeida, M. I. R., & Reis, N. R. (2014). Mergers & Acquisitions research: a bibliometric study of top strategy and international business journals, 1980-2010. Journal of Business Research, 67(12), 2550-2558.

Fleury, A., & Fleury, M. T. L. (2012). Multinacionais brasileiras: competências para a internacionalização. Rio de Janeiro: FGV.

Grácio, M. C. C. (2016). Acoplamento bibliográfico e análise de cocitação: revisão teórico-conceitual. Revista Eletrônica de Biblioteconomia e Ciência da Informação, 21(47), 82-99.

Graebner, M. E., Heimeriks, K. H., Huy, Q. N., & Vaara, E. (2017). The process of postmerger integration: a review and agenda for future research. Academy of Management Annals, 11(1), 1-32.

Haeruddin, M. I. M. (2017). Mergers and Acquisitions: Quo Vadis? Management, 7(2), 84-88.

Hitt, M. A., Ireland, R. D., & Hoskisson, R. E. (2014). Administração estratégica: competitividade e globalização. (10a ed.). São Paulo: Cengage Learning.

Hoffmann, V. E., Vieira, D. P., & Menezes, K. C. M. (2017). Tipos, setores, nacionalidade e experiência: o que importa para o sucesso das estratégias de fusão e aquisição? Revista Ibero-Americana de Estratégia, 16(1), 22-37.

Jordão, R. V. D., & Souza, A. A. (2012). Efeitos da cultura corporativa no sistema de controle gerencial pós-aquisição: um estudo de sucesso numa empresa brasileira. Revista de Gestão, 19(1), 55-71.

Jordão, R. V. D., & Souza, A. A. (2013). Aquisição de empresas como fator de mudança no sistema de controle gerencial: uma análise estratégica sob a perspectiva da teoria contingencial. Revista Universo Contábil, 9(3), 75-103.

Khan, Z., Soundararajan, V., Wood, G., & Ahammad, M. F. (2020). Employee emotional resilience during post-merger integration across national boundaries: rewards and the mediating role of fairness norms. Journal of World Business, 55(2), 1-11.

Kobashi, N. Y., & Santos, R. N. M. (2008). Arqueologia do trabalho imaterial: uma aplicação bibliométrica à análise de dissertações e teses. Revista Eletrônica de Biblioteconomia e Ciência da Informação, 1, 106-115.

Lopes, K. P., & Oliveira Júnior, M. M. (2002). Estratégias de marcas em processos de aquisição – um estudo de caso exploratório na indústria de alimentos. Revista Administração em Diálogo, 4(1), 1-16.

Macias-Chapula, C. A. (1998). O papel da informetria e da cienciometria e sua perspectiva nacional e internacional. Ciência da Informação, 27(2), 134-140.

Marcondes, C., & Vantine, J. (2010). A emoção e o seu impacto na integração humana em processos de fusão / aquisição nas organizações. Revista Administração em Diálogo, 12(2), 61-101.

Minadeo, R., & Camargos, M. A. (2009). Fusões e aquisições no varejo alimentar: uma análise das estratégias de entrada e de crescimento do Carrefour e Wal-Mart no mercado brasileiro. Revista de Ciências da Administração, 11(24), 102-135.

Nogueira, A. J. F. M., & Silva, O. T. (2014). Transformações organizacionais e gestão de pessoas no setor financeiro. Revista Administração em Diálogo, 16(1), 105-129.

Paul, J., & Criado, A. R. (2020). The art of writing literature review: what do we know and what do we need to know? International Business Review, 29(4), 107-117.

Pereira, M. F., & Oliveira, F. V. (2013). O processo de aquisição como estratégia organizacional gerar vantagem competitiva: um estudo de caso no mercado brasileiro de distribuição de combustíveis. Revista de Administração da UFSM, 6(2), 395-414.

Pires, M. G., & Marcondes, R. C. (2017). Fatores relevantes na integração pós-fusão de Sistemas e Tecnologia da Informação em instituições bancárias brasileiras. Brazilian Business Review, 14(2), 160-181.

PricewaterhouseCoopers Brasil Ltda. (2019). Relatório sobre Fusões e Aquisições no Brasil. Recuperado de https://www.pwc.com.br/pt/estudos/servicos/assessoria-tributaria-societaria/fusoes-aquisicoes/2019/fusoes-e-aquisicoes-no-brasil-dezembro-2019.html

Raupp, F. M., & Warken, R. M. (2009). Utilização da due dilligence em processos de Fusão e Aquisição. Pensar Contábil, 11(45), 34-40.

Reddy, K. S. (2015). The state of case study approach in Mergers and Acquisitions literature: a bibliometric analysis. Future Business Journal, 1, 13-34.

Reis, E. A. D., Partyka, R. B., Lana, J., & Marcon, R. (2018). Fusões e aquisições no ensino superior à luz da teoria do crescimento da firma. NAVUS – Revista de Gestão e Tecnologia, 8(4), 37-52.

Shi, W., Sun, J., & Prescott, J. E. (2012). A temporal perspective of Merger and Acquisition and strategic alliance iniciatives: review and future directions. Journal of Management, 38, 164-209.

Snyder, H. (2019). Literature review as a research methodology: an overview and guidelines. Journal of Business Research, 104, 333-339.

Tanure, B., & Cançado, V. (2004). Relacionando o motivo da aquisição com diferentes processos de integração cultural. Revista Economia & Gestão, 4(8), 25-48.

Tanure, B., & Cançado, V. (2005). Fusões e Aquisições: aprendendo com a experiência brasileira. Revista de Administração de Empresas, 45(2), 10-22.

Toigo, L. A., Hein, N., & Kroenke, A. (2018). Características predominantes dos mecanismos de governança corporativa e desempenho pós-Fusões e Aquisições no Brasil. Enfoque Reflexão Contábil, 37(4), 85-104.

Torraco, R. J. (2005). Writing integrative literature reviews: guidelines and examples. Human Resource Development Review, 4(1), 356-367.

Tortato, U., Kato, H. T., & Meyer Junior, V. (2011). Aquisição internacional de empresas: mudança de valores do grupo dirigente. Gestão & Regionalidade, 27(80), 4-14.

Tortato, U., & Corso, J. D. (2008). Mudança na configuração estrutural em aquisições de empresa nacional por multinacional. Revista de Administração da Unimep, 6(2), 66-86.

Vieira, L. B., Brito, S. S., Santana, J. R. B., Sanches, S. L. R., & Galdamez, E. V. C. (2017). Reflexo das operações de Fusões e Aquisições nos indicadores financeiros das empresas brasileiras de capital aberto. Revista de Gestão, 24(3), 235-246.

Vieira, L. D., Calicchio, A. C., & Zilber, M. A. (2011). O caso LATAM: uma fusão como posicionamento estratégico. Revista Ciências Administrativas, 17(2), 465-488.

Viglioni, M. T. D., Carvalho, F. M., Benedicto, G. C., & Prado, J. W. (2018). Indicadores econômico-financeiros determinantes de Fusões e Aquisições: um estudo na indústria de tecnologia no brasil. Contabilidade, Gestão e Governança, 21(3), 420-438.

Vogel, R., & Güttel, W. H. (2013). The dynamic capability view in strategic management: a bibliometric review. International Journal of Management Reviews, 15(4), 426-446.

Welch, X., Pavićević, S., Keil, T., & Laamanen, T. (2020). The pre-deal phase of Mergers and Acquisitions: a review and research agenda. Journal of Management, 46(6), 843-878.

Worek, M. (2017). Mergers and Acquisitions in family business: current literature and future insights. Journal of Family Business Management, 7(2), 177-206.

Zilber, M. A., & Piekny, E. E. (2005). Estratégia de fusões e aquisições: eficácia na expansão das plataformas de produtos em empresas de autopeças. Revista de Administração Contemporânea, 9(3), 169-191.




DOI: https://doi.org/10.5585/riae.v19i4.16310

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Copyright (c) 2020 Iberoamerican Journal of Strategic Management (IJSM)

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.

Iberoamerican Journal of Strategic Management (IJSM)
Revista Ibero-Americana de Estratégia (RIAE)
e-ISSN: 2176-0756
https://periodicos.uninove.br/index.php?journal=riae

Copyright © 2020 Iberoamerican Journal of Strategic Management (IJSM) All rights reserved.
Revista Ibero-Americana de Estratégia (RIAE) ©2020 Todos os direitos reservados.