Qualidade de vida de idosas praticantes de diferentes modalidades de exercício físico

Autores

  • Daniel Vicentini de Oliveira UNICESUMAR
  • Sônia Maria Marques Gomes Bertolini UNICESUMAR
  • Joaquim Martins Júnior UNICESUMAR

DOI:

https://doi.org/10.5585/conssaude.v13n2.4697

Palavras-chave:

Atividade física, Envelhecimento, Promoção da saúde.

Resumo

Introdução: Diferentes modalidades de exercício físico são propostas para os idosos, tais como hidroginástica, musculação e atividades praticadas nas academias da terceira idade, cabendo a eles escolher aquela que melhor se adaptem. Objetivo: Analisar a qualidade de vida das idosas praticantes de diferentes modalidades de exercício físico. Método: Avaliaram-se, por meio dos questionários WHOQOL-BREF e WHOQOL-OLD, 120 voluntárias, divididas em três grupos de 40 idosas, sendo: grupo hidroginástica (GH), grupo academia da terceira idade (GA) e grupo musculação (GM). Resultados: O maior escore de qualidade de vida foi obtido no domínio psicológico, sem diferenças estatisticamente significantes entre os grupos. O GM obteve melhores resultados na maioria dos domínios, com diferenças estatísticas significativas nos aspectos físico (p=0,001), funcionamento dos sentidos (p=0,033) e nas atividades passadas, presentes e futuras (p=0,004). Conclusão: A musculação proporciona melhores benefícios na qualidade de vida dos idosos, quando comparada aos exercícios realizados nas academias da terceira idade e na hidroginástica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

14.07.2014

Como Citar

1.
Oliveira DV de, Bertolini SMMG, Martins Júnior J. Qualidade de vida de idosas praticantes de diferentes modalidades de exercício físico. Cons. Saúde [Internet]. 14º de julho de 2014 [citado 28º de fevereiro de 2024];13(2):187-95. Disponível em: https://periodicos.uninove.br/saude/article/view/4697

Edição

Seção

Artigos