Orçamento público e financiamento das universidades federais no Brasil

Adeildo Telles da Silva, André Rodrigues Guimarães

Resumo


O objeto do presente estudo é o financiamento da educação superior. Parte-se da seguinte questão-problema: como o orçamento público das universidades federais vem sendo afetado pela política econômica implementada no Brasil, a partir da década de 1990? Trata-se de pesquisa bibliográfica e documental que considera o ordenamento jurídico do Fundo Público Federal e outros estudos desenvolvidos sobre a temática. Evidencia-se que na Execução Orçamentária da União têm-se priorizado as despesas com a dívida pública, processo esse que ganha respaldo legal e maior intensidade com a Emenda Constitucional N. 95/2016. Em suma, faz-se necessária a reversão desse projeto, com a ampliação do orçamento federal para o conjunto das políticas públicas sociais.


Palavras-chave


orçamento público; educação superior; universidades federais

Texto completo:

PDF

Referências


AMARAL, Nelson Cardoso. Financiamento da educação superior: estado x mercado. São Paulo: Cor-tez; Piracicaba, SP: Editora UNIMEP, 2003.

AMARAL, Nelson Cardoso. PEC 241/55: a “morte” do PNE (2014-2024) e o poder de dimi-nuição dos recursos educacionais. RBPAE - v. 32, n. 3, p. 653 - 673 set./dez. 2016. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/rbpae/article/view/70262/39677. Acesso em: 23 jun. 2021.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Promulgada em 5 de outubro de 1988. Texto consolidado até a Emenda Constitucional nº. 99/2017. Senado Federal. Disponí-vel em: https://www2.camara.leg.br/atividade-legislati-va/legislacao/Constituicoes_Brasileiras/constituicao1988.html/arquivos/Constituiode1988.pdf. Acesso em: 11 mai. 2019.

BRASIL. Manual de Contabilidade Aplicada ao Setor Público. 8ª ed. Secretaria do Tesouro Nacional – Ministério da Fazenda. 2018.

BRASIL. Leis orçamentárias. Câmara dos Deputados. Disponível em: https://www2.camara.leg.br/orcamento-da-uniao/leis-orcamentarias. Acesso em: 08 jul. 2019.

CHAVES, Vera Lúcia Jacob; REIS, Luiz Fernando; GUIMARÃES, André Rodrigues. Dívida pública e financiamento da educação superior no Brasil. Acta Scientiarum. Education, v. 40(1), e 37668, 2018. ISSN on-line: 2178-5201. Disponível em: https://doi.org/10.4025/actascieduc.v40i1.37668. Acesso em: 11 nov. 2021.

DUTRA, Norivan Lustosa Lisboa; BRISOLLA, Lívia Santos. Impactos e rupturas na educação superior brasileira após a Emenda Constitucional 95/2016: o caso dos institutos federais. FI-NEDUCA – Revista de Financiamento da Educação, v. 10, n. 7, 2020. ISSN: 2236-5907. Disponí-vel em: http://dx.doi.org/10.22491/fineduca-2236-5907-v10-79581. Acesso em: 11 nov. 2021.

GUIMARÃES, André Rodrigues; CHAVES, Vera Lúcia Jacob; NOVAIS, Valéria Silva de Mo-raes. Financiamento das Universidades Públicas no Brasil no contexto do ajuste fiscal. In: CAS

TRO, Alda Maria Duarte Araújo Castro et al. (org.). Educação Superior em países e regiões de língua portuguesa: desafios em tempo de crise. 2018, p. 245-265.

MARIANO, Cynara Monteiro. Ementa constitucional 95/2016 e o teto dos gastos públicos: Brasil de volta ao estado de exceção econômico e ao capitalismo do desastre. Revista de Investiga-ções Constitucionais, Curitiba, v. 4, n. 1, p. 259-281, jan./abr. 2017.

MARTINS, Michele Aparecida; DEITOS, Roberto Antonio; REIS, Luiz Fernando. A Emenda Constitucional 95 e seus impactos nos investimentos da União na Manutenção e Desenvolvimento do Ensino (MDE). Universidade Estadual do Oeste do Paraná – UNIOESTE, 2021.

MÉSZÁROS, István. Para além do capital. Tradução de Paulo Cezar Castanheira e Sérgio Lessa. São Paulo: Boitempo, 2002.

REIS, Luiz Fernando. Dívida pública, política econômica e o financiamento das universidades federais nos governos Lula e Dilma (2003-2014). In: CHAVES, Vera Lúcia Jacob; AMARAL, Nelson Cardoso (org.), 2017. Políticas de financiamento da educação superior num contexto de crise. p. 23-46.

REIS, Luiz Fernando. Dívida pública e subfinanciamento da educação superior e da ciência e tecnologia no Brasil (2013-2020). Campo Grande: 29 abril de 2021. Apresentação em Slide. Slides 8 e 14. En-contro Necessário: Temas Estruturais da Educação, Ciência e Tecnologia Brasileira e os Efei-tos na Pandemia. Disponível em: https://www.even3.com.br/encontronecessario/. Acesso em 01 out. 2021.

REIS, Luiz Fernando; MACÁRIO, Epitácio. Dívida pública e financiamento das universidades federais e da ciência e tecnologia no Brasil (2003-2020). Práxis Educacional, [S. l.], v. 16, n. 41, p. 20-46, 2020. DOI: https://doi.org/10.22481/praxisedu.v16i41.7243. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/praxis/article/view/7243. Acesso em: 15 dez. 2021.

RIBEIRO, Giselle dos Santos. Política de financiamento da Universidade do Estado do Pará no período de 1997-2015. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal do Pará, Instituto de Ciências da Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, Belém, 2017.

RUIZ, Maria Jose Ferreira; BUFALO, Kátia Silva. Uma ponte para o futuro: políticas educaci-onais e parcerias público-privadas. Educ. Anál., Londrina, v.2, n.1, p.37-58, Jan./jun. 2017. Disponível em: http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/educanalise/article/view/29921/22864. Acessado em: 15 de abr. 2019.

SAVIANI, Demerval. Política educacional brasileira: limites e perspectivas. Revista de Educação, Campinas, n. 24, p. 7-16, jun. 2008. Disponível em: http://periodicos.puc-campinas.edu.br/seer/index.php/reveducacao/article/view/108. Acesso em 11 jun. 2019.




DOI: https://doi.org/10.5585/cpg.v21n2.21317

Direitos autorais 2022 Cadernos de Pós-graduação

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Cadernos de Pós-graduação
e-ISSN: 2525-3514
www.cadernosdepos.org.br

Cadernos de Pós-graduação ©2022 Todos os direitos reservados.

Esta obra está licenciada com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional