Pensamento matemático e pensamento metacognitivo no ensino da biologia no ensino médio

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5585/eccos.n67.23618

Palavras-chave:

Pensamento Metacognitivo, Matemática, Biologia, Aprendizzagens.

Resumo

O objetivo deste artigo é ilustrar os resultados parciais de uma pesquisa de doutoramento, por meio da qual foram estudadas potencialidades da aplicação de conceitos matemáticos no ensino de Biologia no Ensino Médio, utilizando-se de recursos pedagógicos reflexivos e evocação do pensamento metacognitivo. Trata-se de um relato com parte dos resultados de uma pesquisa qualitativa, na perspectiva Design-Based Research (DBR) realizada junto ao Programa de Pós-graduação em Ensino de Ciências Exatas (PPGECE) de uma Universidade do Rio Grande do Sul. Os resultados trazem que cálculos podem instigar a aprender, mesmo com dificuldades em usar conhecimentos matemáticos. Apontam também que quando estudantes têm possibilidade para evocar os seus pensamentos metacognitivos podem conduzir o processo de aprender, para o melhor desempenho em determinadas tarefas.

CROSSMARK_Color_horizontal.svg

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Erisnaldo Francisco Reis, Universidade do Vale do Taquari – UNIVATES

Biólogo. Mestre e Doutorando em Ensino de Ciências Exatas.

Glauber Pacheco Arêas, Universidade Federal Fluminense

Graduação em Biomedicina com habilitação em Análises clínicas pela Universidade Federal Fluminense, mestrado em Microbiologia e Parasitologia Aplicadas pela Universidade Federal Fluminense, bem como especializações em Docência (licenciatura plena em Biologia) e Estética Avançada. Tem experiência na área da estética avançada e na docência (ensino fundamental, médio, superior e pós graduação) ministrando diversas disciplinas da área da saúde.

Andreia Aparecida Guimarães Strohschoen, Universidade do Vale do Taquari – UNIVATES

Docente Permanente dos Programas de Pós graduação: Doutorado e Mestrado em Ensino (PPGEnsino) e  Doutorado e Mestrado Profissional em Ensino de Ciências Exatas (PPGECE).
Universidade Vale do Taquari - Univates - Lajeado/RS/Brasil.   

Referências

BARDIN, L. Análise de Conteúdo. Tradução de Luiz Antero Reto e Augusto Pinheiro. São Paulo: Edições 70, 2016.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica; Conselho Nacional de Educação. Base Nacional Comum Curricular: Educação é a base. Ensino Médio. Brasília: MEC, 2018. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/docman/abril-2018-pdf/85121-bncc-ensino-medio/file. Acesso em: 28 mar. 2021.

COUTINHO, R. M. Equações diferenciais com retardo em biologia de populações. Dissertação de Mestrado. São Paulo: Universidade Estadual Paulista. Instituto de Física Teórica, 2010.

FREIRE, P. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terraz, 1998.

GEWEHR, D.; STROHSCHOEN; A. A. G.; SCHUCK, R. J. Projetos de pesquisa e a relação com a metacognição: percepções de alunos pesquisadores sobre a própria aprendizagem. Ensaio Pesquisa em Educação em Ciências, Belo Horizonte, nº 22, e19937, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1983-21172020210144. Acesso em: 13 maio 2021.

GEWEHR, D. Projetos de Pesquisa e Feiras de Ciências como espaços de metacognição. Tese de Doutorado em Ensino, Universidade do Vale do Taquari - Univates, Lajeado, 2019. Disponível em: https://www.univates.br/bdu/handle/10737/2762. Acesso em: jun. 2022.

GIL, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6 ed. - São Paulo: Editora Atlas, 2008.

GOLOMBEK, D. A. Aprender e Ensinar Ciências: do laboratório à sala de aula (e vice-versa). Tradução CERDAN, Heloisa. 2 ed. São Paulo: Sangari do Brasil - Fundação Santillana, 2009.

KNEUBIL, F. B., PIETROCOLA, M. A pesquisa baseada em design: visão geral e contribuições para o ensino de ciências. Ienci- Investigações em Ensino de Ciências, v. 22, n. 2, pp. 01-16, 2017. Disponível em: https://doi.org/10.22600/1518-8795.ienci2017v22n2p01. Acesso em: 13 dez. 2022.

LINHARES, S. Biologia Hoje, 3 ed. São Paulo: Ática, 2016.

MARQUI, A. B. T. de. Fenilcetonúria: aspectos genéticos, diagnóstico e tratamento. Rev. Soc. Bras. Clin. Med., v.15, n. 4, p.282-8, 2017. Disponível em: https://docs.bvsalud.org/biblioref/2018/01/877193/154282-288.pdf. Acesso em: 7 jul. 2021.

MINAS GERAIS. Currículo Referência de Minas Gerais. Secretaria de Estado da Educação. Belo Horizonte-MG: 2021. Disponível em: https://www2.educacao.mg.gov.br/images/ documentos/Curr%C3%ADculo%20Refer%C3%AAncia%20do%20Ensino%20M%C3%A9dio.pdf. Acesso em: 10 jan. 2022.

MUIJS, D.; BOKHOVE, C. Metacognition and SelfRegulation: Evidence Review. London: Education Endowment Foundation, 2020. Disponível em: https://educationendowmentfoundation.org.uk/evidence-summaries/evidence-reviews/ metacognition-and-self-regulation-review/. Acesso em: 22 mar. 2021.

PORTILHO, E. M. L.; DREHER, S. A. S. Categorias metacognitivas como subsídio à prática pedagógica. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 38, n. 1, p.181-196, 2012. Disponível em: https://www.scielo.br/j/ep/a/KdBqCs3HsXS3nVYhCwHQtTz/?format=pdf&lang=pt.Acesso em: 10 jun. 2022.

PORTILHO, E. Como se aprende? Estratégias, estilos e metacognição. 2 ed. Rio de Janeiro: Wak Ed., 2011.

POZO, J. I.; CRESPO, M. Á. G. A aprendizagem e o ensino de ciências: do conhecimento cotidiano ao conhecimento científico. 5 ed. Porto Alegre: Artmed, 2009.

REIS, E. F. Modelagem Matemática e Leishmaniose: Proposta de Ensino e de Aprendizagem Relacionando Biologia e Matemática. Dissertação de mestrado - PPGECE da UNIVATES-RS, 2016. Disponível em: https://www.univates.br/bdu/browse?type=author&value= Reis%2C+Erisnaldo+Francisco. Acesso em: 20 de mar. 2021.

REIS, Erisnaldo Francisco; ARÊAS, Glauber Pacheco; STROHSCHOEN, Andreia Aparecida Guimarães. Metodologias ativas no ensino médio: invertendo a sala de aula para aprender Biologia. In: STROHSCHOEN, A. A.G. et al. (org.). Metodologias ativas, participativas e uso de tecnologias digitais no ensino [recurso eletrônico]. Lajeado: Editora Univates, 2023. Disponível em: https://www.univates.br/editora-univates/media/ publicacoes/391/pdf391.pdf. Acesso em: 20 maio 2023.

RIBEIRO, C. de A. G.; ROSA, C. T. W. da; ZOCH, A. N. Textos Científicos em Aulas de Ciências: Relato de Atividades no Contexto de Ensino Remoto Síncrono envolvendo Estratégias Metacognitivas. Experiências em Ensino de Ciências, v.17, n.1, pp. 119-136, 2022. Disponível em: https://fisica.ufmt.br/eenciojs/index.php/eenci/article/view/958/889. Acesso em: 15 jun. 2022.

ROSA, C. T. W. da. Metacognição e o ensino de Física: da concepção à aplicação. Passo Fundo: Edi. Universidade de Passo Fundo, 2014.

ROSA, C. T. W. da. Instrumento para avaliação do uso de estratégias metacognitivas nas atividades experimentais de Física. Revista Thema, v. 14, n.2, p. 182–193, 2017. Disponível em: https://doi.org/10.15536/thema.14.2017.182-193.490. Acesso em: 12 jul. 2022.

ROSA, C. T. W. da [et al.]. Metacognição e seus 50 anos: uma breve história da evolução do conceito. Revista Educar Mais, v. 4, n. 3, pp. 703 a 721, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.15536/reducarmais.4.2020.2063. Acesso em: 12 set. 2021.

ROSA, C. T. W. da; MENESES VILLAGRÁ, J.A. Metacognição e Ensino de Física: Revisão de Pesquisas Associadas a Intervenções Didáticas. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em ciências, Belo Horizonte, v. 18 n. 2, p. 581-608, 2018. Disponível em https://periodicos.ufmg.br/index.php/rbpec/article/view/4851. Acesso em: 03 maio 2020.

ROSA, C. T. W. da; ALVES FILHO, J. de P. Estudo da viabilidade de uma proposta didática metacognitiva para as Atividades experimentais em física. Ciência & Educação, v. 20, n. 1, Bauru 2014, pp. 61-81. Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho São Paulo, Brasil. Disponível em:Disponível em: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=251030165005 Acesso em: 15 maio 2021.

ROSA, C. T. W. da; ROSA, Á. B. da. Ensino de física: A interação social como favorecedora da evocação do pensamento metacognitivo. Revista Espacios, v. 37, n. 24, p. E-2, 2016. Disponível em: http://www.revistaespacios.com/a16v37n24/163724e2.html. Acesso em: 28 jul. 2021.

ROSA, C. T. W. da; RIBEIRO, C. de A. G.; ROSA, A. B. da. Habilidades metacognitivas envolvidas na resolução de problemas em Física: Investigando estudantes com expertise. Amaz. RECM, v.14, n. 29, Especial Metacognição, 2018. p. 143-160. Disponível em: https://www.periodicos.ufpa.br/index.php/revistaamazonia/article/view/5372. Acesso em: 21 jul. 2022

SANTOS, A. O.; OLIVEIRA, G. S. de; SAAD, N. dos S. A Metacognição e Estratégias Metacognitivas no Processo de Ensino e Aprendizagem da Matemática. Revista Valore, [S.l.], v. 6, p. 23-39, out. 2021. Disponível em: https://revistavalore.emnuvens.com.br/valore/ article/view/1035. Acesso em: 10 jun. 2022.

SILVA, S. F. da; GOMES, H. G. de L. Matemática interligada a Biologia: o estudo da função exponencial no Ensino Médio com o auxílio do Geogebra. V CONEDU - Congresso Nacional de educação. 2018. Anais... V CONEDU, Olinda - PE de 17 a 20 de outubro, 2018. Disponível em: https://www.editorarealize.com.br/index.php/artigo/visualizar/46025. Acesso em: 9 jul. 2021.

SILVA Jr., G. B. Biologia e matemática: diálogos possíveis no ensino médio. Dissertação de mestrado. Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. Programa de Pós-Graduação em Ciências e Matemática. Belo Horizonte, 2008. Disponível em:

http://http://www2.rc.unesp.br/eventos/matematica/ebrapem2008/upload/281-1-A-gt2_silva%20j%C3%BAniortc.pdf. Acesso em: 20 abr. 2021.

SILVA Jr., César da. Biologia 3, Ensino Médio,11 ed. São Paulo: Saraiva, 2016.

Downloads

Publicado

18.12.2023

Como Citar

REIS, Erisnaldo Francisco; ARÊAS, Glauber Pacheco; STROHSCHOEN, Andreia Aparecida Guimarães. Pensamento matemático e pensamento metacognitivo no ensino da biologia no ensino médio. EccoS – Revista Científica, [S. l.], n. 67, p. e23618, 2023. DOI: 10.5585/eccos.n67.23618. Disponível em: https://periodicos.uninove.br/eccos/article/view/23618. Acesso em: 24 fev. 2024.