O princípio da eficiência e a (i)legitimidade do controle jurisdicional das políticas públicas

Ilton Garcia da Costa, Ana Flavia Coelho dos Santos

Resumo


A eficiência foi acrescentada no art. 37, caput, da Constituição Federal passando, pois, a integrar o rol dos princípios gerais administrativos no final da década de noventa com a Reforma Administrativa, embora sempre ressaltada pela doutrina e jurisprudência como um requisito imprescindível dos atos administrativos. A Emenda Constitucional 19/98 foi a responsável por integrar de maneira expressa o princípio da eficiência no ordenamento jurídico pátrio favorecendo o seu amplo conhecimento à comunidade de modo a possibilitar a exigência e o controle de resultados da atuação estatal. Entretanto, identifica-se constante inobservância deste princípio pelos agentes públicos e, consequentemente, a atuação atípica dos outros Poderes, o que repercute na questão do sistema de freios e contrapesos. Sob essa perspectiva, este artigo objetiva discorrer sobre a legitimidade do controle jurisdicional das políticas públicas quando da inobservância do princípio da eficiência pela Administração Pública. O trabalho adota o método de pesquisa dedutivo e utiliza a pesquisa bibliográfica como procedimento técnico, pautado, majoritariamente, na análise de artigos publicados em periódicos e na consulta à legislação.


Palavras-chave


princípio da eficiência; administração pública; políticas públicas; reforma administrativa; controle jurisdicional

Texto completo:

PDF

Referências


ALEXY, Robert. Teoria dos direitos fundamentais. 5. ed. São Paulo: Malheiros, 2008.

COSTA, Ilton Garcia; GONÇALVES, Aline M. Da Sociedade Antiga à Sociedade Politica e a Funcionalidade do Direito. Nomos (Fortaleza), v. 36, p. 205-224, 2016. Disponível em: http://www.periodicos.ufc.br/nomos/article/view/1766/4561. Acesso em: 03 nov. 2021.

COSTA, Ilton Garcia; CAMPIDELLI, Laisa F. A Diminuição da Extrema Pobreza, baseada em Políticas Públicas Eficazes e Garantia do Minimo Existencial. In: COSTA, Ilton Garcia da; CACHICHI, Rogerio Cangussu Dantas; LEÃO JUNIOR, Teofilo Marcelo de Arêa (org.). Paz, Constituição e Políticas Públicas, v. II. Curitiba: Instituto Memória, 2016. p. 85-103.

COSTA, Ilton Garcia; GOES, Winnicius Pereira. A Diretiva 2014/24/UE como Guia de Contratualizações Sustentáveis de Políticas Públicas Sociais. Novos Estudos Jurídicos (Online), v. 21, p. 656-690, 2016. Disponível em: https://doi.org/10.14210/nej.v21n2.p656-690. Acesso em: 03 nov. 2021.

COSTA, Paulo Nogueira da. O Tribunal de Contas e a boa governança: contributo para uma reforma do controle financeiro externo em Portugal. Coimbra: Coimbra Editora, 2014.

DI PIETRO, Maria Sylvia Zanella. Direito administrativo. 22. ed. São Paulo: Atlas, 2009.

FLESCH, Carla Machado. A submissão da Administração Pública ao princípio da eficiência visando à satisfatória consecução de seus fins. Boletim Científico ESMPU, Brasília, a. 14 – n. 45, p. 211-238, jul./dez. 2015. Disponível em: file:///C:/Users/Usuario/Downloads/6.%20A%20submissao%20da%20Administracao%20Publica%20ao%20principio%20da%20eficiencia%20(2).pdf. Acesso em: 07 jun. 2021.

FREITAS, Juarez. As políticas públicas e o direito fundamental à boa administração. Revista do programa de Pós-graduação em Direito da UFC. v. 35.1, jan./jun. 2015. Disponível em: http://repositorio.pucrs.br/dspace/bitstream/10923/11494/2/As_politicas_publicas_e_o_direito_fundamental_a_boa_administracao.pdf. Acesso em: 22 jun. 2021.

GNATA, Noa Piatã Bassfeld. Crítica aos limites do controle jurisdicional de políticas públicas em direitos sociais. Espaço Jurídico Joaçaba, v. 12, n. 2, p. 181-196, jul./dez. 2011. Disponível em: http://www.mpdft.mp.br/saude/images/judicializacao/Critica_limites_controle_jurisdicional.pdf. Acesso em: 22 jun. 2021.

MARINELA, Fernanda. Direito administrativo. 10. ed. São Paulo: Saraiva, 2016.

MARQUES NETO, Floriano de Azevedo. Os grandes desafios do controle da Administração Pública. Fórum de Contratação e Gestão Pública ‐ FCGP. Belo Horizonte, 2010. Disponível em: http://www.editoraforum.com.br/wp-content/uploads/2016/10/desafios-controle.pdf. Acesso em: 10 jun. 2021.

MAXIMIANO, A. C. A. Introdução à Administração. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2000.

MEDAUAR, Odete. Direito administrativo moderno. 15. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2011.

MEIRELLES, Hely Lopes. Direito administrativo brasileiro. 27. ed. São Paulo: Malheiros, 2002.

MELLO, Caroline G.; COSTA, Ilton Garcia da. O controle das políticas públicas, Ministério Público e Tribunal de Contas. In: SARRETA, Cátia Rejane Liczbinski; MARCO, Cristhian Magnus de; XIMENES, Julia Maurmann (org.). Direitos sociais e políticas públicas. Florianópolis: Conpedi, v. 1, p. 305-325, 2018. Disponível em: http://site.conpedi.org.br/publicacoes/34q12098/s8787c81/B7M5vEX30Ori9Qnx.pdf. Acesso em: 03 nov. 2021.

MORAES, Alexandre de. Princípio da Eficiência e Controle Jurisdicional dos Atos Administrativos Discricionários. Revista de Direito Administrativo – FGV, v. 43, 2006. DOI: https://doi.org/10.12660/rda.v243.2006.42538. Disponível em: https://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/rda/article/view/42538. Acesso em: 10 jun. 2021.

MORAES, Alexandre de. Direito constitucional. São Paulo: Atlas, 2002.

PAES, Alberto de Moraes Papaléo; RODRIGUES, Aline Cardoso. O princípio da eficiência administrativa e a responsabilidade política do servidor público. Argumenta - UENP Jacarezinho, n. 17, p. 11–38, 2012. Disponível em: http://seer.uenp.edu.br/index.php/argumenta/article/view/231. Acesso em: 10 jun. 2021.

SANTIN, Valter Foleto. Controle judicial da segurança pública: eficiência na prevenção e repressão aocrime. 2. ed. São Paulo: Verbatim, 2013.

SANTOS, Ana Flávia Coelho dos. A Sociedade Civil Organizada na Desconstrução da Exclusão Social Através da Solidariedade: Dilemas e Perspectivas. 2020. 109 f. Dissertação de Mestrado – Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Ciência Jurídica – Universidade Estadual do Norte do Paraná. Disponível em: https://uenp.edu.br/doc-propg/pos-graduacao/stricto-sensu-mestrado-e-doutorado/pos-graduacao-direito/teses-e-dissertacoes/dissertacoes-defendidas-1/18158-ana-flavia-coelho-dos-santos/file. Acesso em: 03 nov. 2021.

TORRES, Marcelo Douglas de Figueiredo. Estado, democracia e administração pública no Brasil. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2004.




DOI: https://doi.org/10.5585/prismaj.v20n2.20145

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Prisma Juridico

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Prisma Jurídico

e-ISSN: 1983-9286

ISSN: 1677-4760
www.revistaprisma.org.br

Esta obra está licenciada com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional