Da noção de sexualidade e tipos de sexualidade

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5585/2024.23123

Palavras-chave:

sexualidade, gênero sexual, sexo

Resumo

Com o avanço dos estudos de gênero e sexualidade, a quebra de tabus e a promoção de debates sobre o tema, descobriu-se uma ampla gama de orientações sexuais com as quais as pessoas podem se identificar. A sexualidade faz parte da personalidade de todos. Neste campo, não há mal. É diverso, fluido e existem muitos tipos diferentes. Pode levar algum tempo para encontrar aqueles que são mais atraentes. Mas aceitar sua sexualidade, praticá-la livremente e de forma saudável, pode ser uma experiência libertadora.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Paulo Joviniano Alvares dos Prazeres, Universidade Católica de Pernambuco / Recife – PE, Brasil

Doutor em Direito pela Universidade Católica de Pernambuco; Mestre em Direito pela Faculdade Damas da Instrução Cristã; Tabelião e Oficial de Registros e Protestos na Paraíba.

Vilma Madelaine Martinez Paiva, Universidad Iberoamericana, (UNIBE) / Asunción, Paraguai

Doutora en Ciencias Jurídicas pela Universidad Iberoamericana; Mestre em Direito Penal pela Universidad del Desarollo Sustentable; Mestre em Justica Constitucional e Direitos Humanos pela Universitá di Bologna; Defensora Pública no Paraguay na cidade de Ayolas.

 

 

Karla Luzia Alvares dos Prazeres, Universidade Estácio de Sá / Rio de Janeiro (RJ), Brasil

Tabeliã e Oficiala de Registro de Imóveis. Professora Universitária e de Pós-graduações. Bacharela em Direito pelas Faculdades Integradas Barros Melo. Bacharela em Ciências Contábeis pela Faculdade UNIBF. Mestre em Direito pela Faculdade Damas da Instrução Cristã - FADIC. Doutoranda em Direito pela UNESA. Pós-graduada em Direito Público pela Faculdade Maurício de Nassau; Direito Tributário pela Faculdade INESP. Aperfeiçoamento Jurídico no Curso de Preparação à Magistratura e Carreiras Jurídicas pela Escola da Magistratura de Pernambuco ESMAPE. Coordenadora do Curso de Direito da Uninassau Olinda - PE (2020-2023). Presidente da Associação dos Advogados Trabalhistas de Olinda - AATO (2019-2020). Diretora Geral da Escola Municipal de Advocacia da OAB-OLINDA (2015-2021). Presidente da Comissão de Carreiras Jurídicas da Academia Brasileira de Ciências Criminais (2019-2021). Diretora Secretária Geral na OAB-PE Subeseção Olinda (2020-2021). Aprovada na seleção pública, exercendo a função de Juíza Leiga do TJPE (2008-2012). Presidente da Comissão da Mulher Advogada (2015-2016). Vice-presidente da Comissão do Direito do Trabalho (2016-2018). Representante da Caixa de Assistência dos Advogados de Pernambuco (CAAPE) na Subseccional de Olinda (2015-2018). Membro fundador da Academia Olindense de Letras Jurídicas. Membro da Academia Brasileira de Ciências Criminais. Membro da Associação Brasileira das Mulheres de Carreira Jurídica.

Referências

CHILAND, Colette. EL transexualismo. Trad. Maria Stela Gonçalves. Sao Paulo: Edições Loyola, 2008.

DINIZ, Maria Helena. EL estado atual del biodireito. 3. ed. Sao Paulo: Saraiva, 2006.

FRANÇA, Genival Veloso de. Medicina legal. 4. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1995.

OLIVEIRA, Alexandre Miceli Alcântara de. Derecho de autodeterminación sexual. Sao Paulo: Juarez de Oliveira, 2003.

PERES, Ana Paula Ariston Barion. Transexualismo: EL derecho a una nova identidad sexual. Rio de Janeiro: Renovar, 2001.

SUTTER, Matilde Josefina. Determinación y cambio de sexo – aspectos médico-legais. Sao Paulo: Revista dos Tribunales, 1993.

SZANIAWSKI, Elimar. Limites y possibilidades del derecho de reasignación del estado sexual. Sao Paulo: Editora Revista dos Tribunales, 1999.

VIEIRA, Tereza Rodrigues. Aspectos psicológicos, médicos y jurídicos del transexualismo. Psicólogo Informação, año 4, n. 4, p. 47, jan./dez. 2004.

Publicado

27.06.2024

Como Citar

PRAZERES, Paulo Joviniano Alvares dos; MARTINEZ PAIVA, Vilma Madelaine; ALVARES DOS PRAZERES, Karla Luzia. Da noção de sexualidade e tipos de sexualidade. Prisma Juridico, [S. l.], v. 23, n. 1, p. 74–87, 2024. DOI: 10.5585/2024.23123. Disponível em: https://periodicos.uninove.br/prisma/article/view/23123. Acesso em: 14 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos