Miopatia mitocondrial: avaliação e orientações fisioterapêuticas – Relato de caso

Eduardo Vital de Carvalho, Ronaldo Luis da Silva, Talita Stuchi, Fatima Aparecida Caromano

Resumo


As miopatias mitocondriais (MMs) são um grupo heterogêneo de desordens que comprometem a cadeia respiratória do DNA. As queixas mais comuns de portadores desse mal são as seguintes: intolerância aos exercícios, fadiga muscular a pequenos esforços, fraqueza muscular, taquicardia e dificuldade para respirar. Busca-se, por meio deste estudo, discutir tópicos da avaliação funcional e das orientações fisioterapêuticas fornecidas a uma mulher portadora de miopatia mitocondrial. Trata-se da paciente E. M., 29 anos, sexo feminino, com quadro sugestivo de MM, que se queixa de dores e fraqueza muscular nos membros superiores e inferiores. Submetida ao teste de força máxima isométrica por dinamometria manual, demonstrou diminuição de força muscular dos grupos avaliados e passou por prova de função pulmonar. A intervenção proposta visou à manutenção do quadro funcional, com expectativa de pequena melhora em alguns parâmetros e diminuição da intensidade e do número de queixas relatadas pela paciente, afetando, assim, sua qualidade de vida.

Palavras-chave


Avaliação de resultados (Cuidados de Saúde); Fisioterapia; Miopatias; Orientação.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/conssaude.v8i2.1639

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2009 ConScientiae Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Conscientiae Saúde
ISSN: 1677-1028
e-ISSN: 1983-9324
www.conscientiaesaude.org.br

Conscientiae Saúde ©2020 Todos os direitos reservados.