Avaliação das habilidades psicomotoras e da motricidade global em paciente portadora da Doença de Huntington

Juliane Walter, Magali T. Q. Grave, Eduardo Périco

Resumo


Introdução: A doença de Huntington é uma desordem hereditária do cérebro, que caracteriza-se por alterações mentais e distúrbios do movimento (coréia). Objetivos: Este estudo teve por objetivo acompanhar a evolução da doença de Huntington quanto às habilidades psicomotoras e motricidade global em paciente portadora, após tratamento fisioterapêutico. Método: Como instrumento de avaliação quantitativa utilizou-se o Índice de Barthel e a avaliação qualitativa foi realizada a partir de fotografias e filmagens da paciente no transcorrer dos atendimentos. Resultados: Inicialmente foram coletados dados do prontuário da paciente, seguindo com o tratamento fisioterapêutico e aplicação dos métodos de avaliação. Conclusão: Os resultados indicaram que com a fisioterapia foi possível a manutenção das habilidades psicomotoras e da motricidade global da paciente durante um ano, o que pode ser considerado um ganho, visto tratar-se de uma doença neurodegenerativa e progressiva, com um prognóstico desfavorável e de incapacidades crescentes.

Palavras-chave


Doença de Huntington (DH); Índice de Barthel (IB); Habilidades psicomotoras; Motricidade global.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/conssaude.v8i4.1980

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2009 ConScientiae Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Conscientiae Saúde
ISSN: 1677-1028
e-ISSN: 1983-9324
www.conscientiaesaude.org.br

Conscientiae Saúde ©2020 Todos os direitos reservados.