Prevalência e recorrência de litíase urinária em uma população de estudantes universitários da grande São Paulo

Daiane Guerra Gusson, William Malagutti, Rogério Barbosa de Deus, Francisco Sandro Menezes Rodrigues, Renato Ribeiro Nogueira Ferraz

Resumo


Introdução: A litíase urinária (LU) é uma doença de grande prevalência mundial que gera muitos custos aos sistemas de saúde. Objetivos: Identificar a prevalência e recorrência de LU em uma amostra de estudantes universitários da cidade de São Paulo. Método: Dos 125 participantes (29M/96F,28±6anos), foram coletados dados com respeito a idade, sexo, etnia, altura, IMC, ocorrência regressa de episódios de LU e de eliminação de cálculos, realização de litotripsia, orientação dietética e medicamentosa. Resultados: Dos entrevistados, 9,6% relataram ter apresentado ao menos um episódio de litíase urinária, houve recorrência em 43% deles. Nenhum utilizava medicamentos para prevenção, sendo o aumento da ingestão hídrica a única orientação recebida. Conclusões: Entretanto, tal ingestão não foi suficiente para evitar uma alta taxa de recorrência dessa doença. A investigação metabólica deve fazer parte do protocolo de atendimento ao litiásico, visando prevenir a recorrência, reduzir o custo e o desconforto de repetidos episódios de LU.

Palavras-chave


Litíase urinária; Orientação; Prevalência; Prevenção; Recorrência.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/conssaude.v8i4.2020

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2009 ConScientiae Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Conscientiae Saúde
ISSN: 1677-1028
e-ISSN: 1983-9324
www.conscientiaesaude.org.br

Conscientiae Saúde ©2020 Todos os direitos reservados.