Avaliação em pacientes com traumatismo raquimedular: um estudo descritivo e transversal

Mauricio Oliveira Magalhães, Auanna de Nazare Belarmino Sousa, Leonardo Oliveira Pena Costa, Denise da Silva Pinto

Resumo


Introdução: Evidências internacionais demonstram perdas sensitivas e/ou motoras no paciente com traumatismo raquimedular (TRM), porém existe uma lacuna quanto à avaliação sensitivo-motora no âmbito hospitalar. Objetivo: Avaliar a função sensitivo-motora de pacientes com TRM internados num Hospital de Emergência. Método: Foi realizado um estudo observacional com uma amostra de 14 indivíduos internados com TRM, onde se realizou a avaliação das sensibilidades superficiais e profundas e da função motora, utilizando as escalas de ASIA e Frenkel. Resultados: Foi encontrada significância estatística para as sensibilidades superficiais e profundas, preservação da mobilidade passiva e ativa, assim como normalidade tônica em membros superiores. O grau de incapacidade, utilizando a escala de Frenkel foi B e a pontuação obtida com a Escala de ASIA foi de 128 pontos ± 40,1. Conclusão: A maioria dos pacientes apresentou a sensibilidade, tônus, integridade e mobilidade preservados para os membros superiores e alterados para os membros inferiores.

Palavras-chave


Avaliação; Características; Medula espinhal.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2011 ConScientiae Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Conscientiae Saúde
ISSN: 1677-1028
e-ISSN: 1983-9324
www.conscientiaesaude.org.br

Conscientiae Saúde ©2020 Todos os direitos reservados.