Efeito da ingestão de linhaça na nutrição de idosos institucionalizados

Marli Petry, Simone Morelo Dal Bosco, Fernanda Scherer, Janaína Gomes

Resumo


Introdução: O Brasil possui 19 milhões de idosos. Essa população é suscetível a doenças e os alimentos podem colaborar para manter seu bem-estar. O efeito do ômega 3 na saúde está amplamente estudado; porém, na composição da linhaça, ainda necessita investigação. Objetivo: Verificar a influência da ingestão diária de 15 gramas de linhaça e alterações do perfil lipídico, nutricional e inflamatório de idosos residentes em uma instituição de longa permanência. Métodos: Analisaram-se 13 idosas, que ingeriram linhaça por 45 dias. Coletaram-se dados sobre consumo alimentar por meio de registro alimentar de três dias, medidas antropométricas e exames bioquímicos, antes e depois da intervenção. Realizou-se análise química da linhaça utilizada no experimento. Resultados: A linhaça teve um efeito positivo na melhora da constipação e no aumento da albumina. Verificou-se aumento do colesterol HDL (p=0,001). Conclusão: A linhaça não teve efeito positivo referente ao perfil lipídico; porém, melhora o perfil inflamatório e nutricional.

Palavras-chave


Ácidos graxos ômega 3; Envelhecimento; Linhaça; Nutrição.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/conssaude.v10i3.2524

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2011 ConScientiae Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Conscientiae Saúde
ISSN: 1677-1028
e-ISSN: 1983-9324
www.conscientiaesaude.org.br

Conscientiae Saúde ©2020 Todos os direitos reservados.