Obesidade e transtornos alimentares: a coexistência de comportamentos alimentares extremos em adolescentes

Mara Cristina Lofrano-Prado, Wagner Luiz Prado, Aline de Piano, Ana Raimunda Dâmaso

Resumo


Introdução: Adolescência é uma fase de mudanças biopsicossociais, na qual preocupações com o corpo podem levar a comportamentos alimentares inadequados. Objetivo: Descrever, por meio de uma revisão da literatura, as relações entre obesidade e transtornos alimentares em adolescentes. Métodos: Selecionaram-se estudos em língua portuguesa e inglesa, publicados de 1979 a 2009, nas bases de dados Medline e SciELO, usando-se os descritores anorexia nervosa, bulimia nervosa, transtornos alimentares, imagem corporal, obesidade e adolescentes. Resultados: O medo de engordar e o desejo persistente de emagrecer são precursores de comportamentos alimentares inadequados. Em resposta a redução da massa corporal, adolescentes passam a se sentir mais confiantes, com melhor autoestima e autoconceito, gerando atitudes e comportamentos não saudáveis. Conclusão: É essencial que os diversos profissionais da área da saúde, envolvidos no tratamento da obesidade, fiquem atentos às interfaces entre transtornos alimentares e obesidade, diminuindo as diversas complicações observadas em programas de emagrecimento.

Palavras-chave


Anorexia nervosa; Bulimia nervosa; Obesidade;

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/conssaude.v10i3.2559

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2011 ConScientiae Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Conscientiae Saúde
ISSN: 1677-1028
e-ISSN: 1983-9324
www.conscientiaesaude.org.br

Conscientiae Saúde ©2020 Todos os direitos reservados.