Impacto da saúde bucal na qualidade de vida de crianças de 6 a 10 anos

Lara Jansiski Motta, Nilza Haga Tanizaga, Carolina Cardoso Guedes, Kristianne Porta Santos Fernandes, Raquel Agnelli Mesquita-Ferrari, Sandra Kalil Bussadori

Resumo


Introdução: A saúde bucal é um componente indissociável da saúde geral. Objetivo: Avaliar o impacto da saúde bucal na qualidade de vida de escolares entre 6 e 10 anos. Métodos: Aplicou-se um questionário de necessidade percebida Oral Health Impact Profile (OHIP-14) e realizou-se exame clínico em escolares entre 6 e 10 anos de idade (n=265). Utilizou-se o teste qui quadrado para a associação entre as variáveis categóricas e análise de variância (ANOVA) para comparação de médias. Resultados: Observou-se que o índice de cárie mais alto foi encontrado nas crianças de 7 anos (número de dentes comprometidos por cárie =2) e a distribuição das respostas do OHIP-14 apresentou uma média de 3,7311. Em relação ao impacto da saúde bucal na qualidade de vida, 89,4% apresentaram impacto fraco. Conclusões: O impacto de saúde bucal na população estudada foi fraco; porém, observou-se que, quando ele foi forte, interferiu nas atividades diárias das crianças.

Palavras-chave


Cárie dentária; Índice CPO; Qualidade de vida; Saúde bucal.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/conssaude.v10i4.2803

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2011 ConScientiae Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Conscientiae Saúde
ISSN: 1677-1028
e-ISSN: 1983-9324
www.conscientiaesaude.org.br

Conscientiae Saúde ©2020 Todos os direitos reservados.