Avaliação da qualidade de sono em idosos não institucionalizados

José Mário Nunes da Silva, Ayrton Cayser Martins Costa, Wancley Waquim Machado, Christiane Lopes Xavier

Resumo


Resumo
Introdução. O sono é um dos principais responsáveis pela recuperação física e mental do organismo. Dormir bem possibilita às pessoas terem um bom desempenho em suas atividades diárias. A qualidade do sono está diretamente ligada à sua produção diária, porém muitos idosos não consideram esse dado. Objetivos. Avaliar a qualidade do sono de idosos não institucionalizados de Teresina (PI) e identificar problemas relacionados ao sono. Método: Trata-se de um estudo transversal, descritivo e observacional realizado no Bairro Vila da Paz, em Teresina (PI), com 65 idosos, em que foram utilizados instrumentos específicos para avaliação da qualidade do sono (Pittsburgh Sleep Quality Index – PSQI) e instrumentos elaborados pelos pesquisadores para caracterização sociodemográfica e dos hábitos de vida e da história clínica da amostra. Resultados: Do total de participantes, 63% (n=41) possuíam má qualidade de sono. Conclusão: A qualidade do sono é fator importante para a saúde e o bem-estar geral dos idosos.

Palavras-chave


Distúrbios do Sono; Idoso; Sono.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/conssaude.v11n1.2940

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2012 ConScientiae Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Conscientiae Saúde
ISSN: 1677-1028
e-ISSN: 1983-9324
www.conscientiaesaude.org.br

Conscientiae Saúde ©2020 Todos os direitos reservados.