Confiabilidade intra e interavaliador por fotogrametria para avaliação do ângulo poplíteo

Camila Lima Ribeiro, Mateus Neiva Martins, Lívia Lúcio de Mattos Amaro, Sávia Alves Pinto, Alexandre Wesley Carvalho Barbosa, Renato Aparecido de Souza, Murilo Xavier Oliveira

Resumo


Introdução: Ângulos utilizados pela fotogrametria carecem de confiabilidade para uso rotineiro. Objetivo: Avaliar a confiabilidade inter e intra-avaliador da fotogrametria pelo software SAPO do ângulo poplíteo. Métodos: Participaram 20 voluntários. Realizaram-se três medidas goniométricas e fotografias tomadas do goniômetro e ângulo poplíteo (M1). Três avaliadores analisaram as fotografias pelo SAPO. As mensurações foram repetidas 48 h após M1 (M2), e os dados analisados pelo teste “t” pareado e independente, pelo coeficiente Pearson (r), pelo coeficiente de variação (CV) (reprodutibilidade relativa e absoluta, respectivamente) e a consistência pelo coeficiente de correlação intraclasse (ICC), com p<0,05. Resultados: O teste “t” não detectou diferença entre os resultados. O r variou de 0,9031 a 0,9983, com p<0,0001. O ICC goniométrico e fotogramétrico foi muito bom e excelente (p<0,0001). O CV apresentou valor interexaminadores de 0,21%, em M1, e 0,17%, em M2, e intraexaminador de 1,32%. Conclusão: A confiabilidade inter e intra-avaliadores foi estabelecida para avaliação do ângulo poplíteo.

Palavras-chave


Amplitude de movimento articular; Fisioterapia; Goniometria articular.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/conssaude.v11n3.3223

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2012 ConScientiae Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Conscientiae Saúde
ISSN: 1677-1028
e-ISSN: 1983-9324
www.conscientiaesaude.org.br

Conscientiae Saúde ©2020 Todos os direitos reservados.