Correlação entre o estado geral de saúde e a capacidade funcional de idosos ativos

Daiany da Silva Vilela, Kamilla Ludmilla Santos Busanello, Simone Daspet de Oliveira, Andersom Ricardo Fréz, Christiane Riedi

Resumo


Introdução: Com o aumento da sobrevida da população idosa, torna-se necessária a identificação do impacto do declínio funcional desta população. Objetivo: Verificar a influência do estado geral de saúde na execução das atividades de vida diária (AVD) e atividades instrumentais de vida diária (AIVD) em idosos ativos. Métodos: Realizou-se um estudo transversal, aleatório com 78 idosos. Utilizou-se um questionário para identificação do perfil dos sujeitos. As AVDs foram avaliadas pela Escala de Katz, e as AIVDs, por meio da escala de AIVD. A correlação de Spearman foi utilizada para correlacionar as variáveis e os questionários. Resultados: Os testes de correlação não apresentaram significância, porém observou-se que tanto para AVDs quanto para AIVDs os sujeitos eram independentes de acordo com os escores dos questionários. Destaca-se que grande parte dos entrevistados (80%) pratica atividade física regularmente. Conclusões: Apesar de possuírem doenças associadas, os idosos praticantes de atividade física regular foram considerados independentes.

Palavras-chave


Atividades cotidianas; Envelhecimento; Idoso; Saúde do idoso.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/conssaude.v12n3.4093

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2013 ConScientiae Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Conscientiae Saúde
ISSN: 1677-1028
e-ISSN: 1983-9324
www.conscientiaesaude.org.br

Conscientiae Saúde ©2020 Todos os direitos reservados.