Efeito de exercícios psicomotores no equilíbrio de idosos

Ana Paula Fernandes De Angelis Rubira, Maria Gonçalves da Silva, Thiago Gois de Carvalho, Marcos Sene, Lucila Suemi Kato Harakawa, Lucas De Angelis Rubira, Fernanda Marciano Consolim-Colombo, Marcelo Custódio Rubira

Resumo


Introdução: Quedas são consequências mais perigosas do desequilíbrio e dificuldade de locomoção em idosos. A psicomotricidade para idosos melhora as atividades de vida diária. Objetivo: Avaliar o efeito da intervenção psicomotora no equilíbrio de idosos. Trata-se de ensaio clínico simples cego, com 15 idosos, ambos os gêneros, com independência física e social. Método: O equilíbrio foi avaliado pela baropodometria, estabilometria e pela escala de Berg antes e após intervenção psicomotora com exercícios de coordenação motora global e de organização espaço temporal. Resultados: A área de superfície e a velocidade do passo na marcha antes e após intervenção foram estatisticamente significantes no teste “t” pareado (p< 0,001 e p< 0,03, respectivamente). Na análise estabilométrica com olhos fechados, houve diferença estatisticamente significante nos parâmetros de velocidade média oscilatória (p<0,050) e oscilação anteroposterior (p<0,016) pelo teste “t” pareado. Conclusão: Esses resultados sugerem que a intervenção psicomotora melhorou a dinâmica da marcha e o equilíbrio.

Palavras-chave


Idoso; Equilíbrio postural, desempenho psicomotor

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/conssaude.v13n1.4711

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2014 ConScientiae Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Conscientiae Saúde
ISSN: 1677-1028
e-ISSN: 1983-9324
www.conscientiaesaude.org.br

Conscientiae Saúde ©2020 Todos os direitos reservados.