Impacto do zumbido em idosos praticantes e não praticantes de exercício físico

Hilda Gabriela Arantes de Arizola, Adriane Ribeiro Teixeira

Resumo


Introdução: O zumbido é a percepção do som sem a presença de estímulo sonoro externo, sendo negativamente impactante para os indivíduos afetados. Já a prática de exercício físico pode exercer efeito positivo nesses sujeitos. Objetivo: Verificar o impacto do zumbido em idosos praticantes e não praticantes de exercício físico, considerando-se idade e gênero. Métodos: Nesta pesquisa transversal, quantitativa e comparativa, foram avaliados, por meio do Tinitus Handicap Inventory, 38 idosos com zumbido, divididos em dois grupos com 19 componentes cada, denominados: praticante (G1) e não praticante (G2) de exercício físico. Os dados foram analisados de forma estatística quantitativa. Resultados: Observou-se que o impacto do zumbido nos idosos do G1 foi menor. O gênero influenciou os achados na comparação intergrupos, e a idade exerceu influência somente no G1. Conclusão: O impacto do zumbido é menor nos idosos praticantes de atividade física, e a idade e o gênero influenciaram parcialmente os resultados obtidos.

Palavras-chave


Exercício; Envelhecimento; Zumbido.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/conssaude.v14n1.5038

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 ConScientiae Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Conscientiae Saúde
ISSN: 1677-1028
e-ISSN: 1983-9324
www.conscientiaesaude.org.br

Conscientiae Saúde ©2020 Todos os direitos reservados.