Contagens leucocitárias e sintomas de infecções respiratórias após curto período de treinamento concorrente

Ronaldo Júlio Baganha, Rodrigo Dias, Ana Carolina de Souza Oliveira, Alex Harley Crisp, Vitor Alexandre Pezolato, Luís Henrique Sales Oliveira, Alexandre de Souza e Silva, Carlos Alberto da Silva, Rozangela Verlengia

Resumo


Introdução: Pessoas comumente iniciam a prática de exercícios por períodos não compatíveis com o nível de treinabilidade, podendo induzir diminuição da competência imunológica. Objetivos: Analisar as possíveis modulações nas contagens dos leucócitos circulantes e incidência de sintomas de infecções do trato respiratório superior, ao final de uma semana de treinamento concorrente. Métodos: Participaram dez voluntários do gênero masculino e sedentários, submetidos a uma semana de treino concorrente com cinco sessões em dias sequenciais, apresentando intensidades moderadas e duração de cem minutos. Resultados: Não foram observadas alterações nas contagens dos leucócitos. Quanto aos sintomas de infecções do trato respiratório superior, 10% dos voluntários apresentaram coriza, 20% congestão nasal e 40% dor de cabeça ao final da intervenção. Conclusões: A referida intervenção não apresenta potencial para modular negativamente as contagens dos leucócitos. Contudo, a incidência de sintomas de infecções do trato respiratório superior pode estar associada à diminuição da funcionalidade celular, possivelmente decorrente do volume delineado nas sessões.

Palavras-chave


Exercício; Infecções; Leucócitos; Sistema imune.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/conssaude.v14n1.5314

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 ConScientiae Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Conscientiae Saúde
ISSN: 1677-1028
e-ISSN: 1983-9324
www.conscientiaesaude.org.br

Conscientiae Saúde ©2020 Todos os direitos reservados.