Análise de biomarcadores séricos de lesão muscular durante competição de mountain bike

Nayara Costa Araújo, Alexandre Magno França, Luiz Cláudio Cameron, Aníbal Monteiro de Magalhães Neto

Resumo


Introdução: O estudo de biomarcadores musculares permite diagnóstico de futuras lesões no esporte de alto nível. Objetivo: Avaliar a creatinoquinase (CK) e lactato desidrogenase (LDH) em atletas Mountain Bike. Métodos: Foram coletadas amostras sanguíneas de dez atletas de Elite de Mountain Bike. As coletas de sangue foram realizadas 24 horas antes da prova (T1), imediatamente ao final da corrida (T2), uma hora após a corrida (T3) e 24 horas depois da competição (T4). Resultados: A CK se elevou da ordem de 100% em 24 horas após a competição. Já LDH aumentou 43% em T2, permanecendo elevado até 1h após competição. A correlação entre os dois marcadores apresentou o coeficiente r = 0,80. Conclusão: O acompanhamento das concentrações de CK e LDH neste experimento foi possível estimar a recuperação pós-competição dos atletas em níveis de lesão muscular, o que se converte em valiosa ferramenta para a planificação e periodização do treinamento.

Palavras-chave


Creatina quinase; Lactato Desidrogenase; Metabolismo; Ciclismo.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/conssaude.v15n2.6343

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 ConScientiae Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Conscientiae Saúde
ISSN: 1677-1028
e-ISSN: 1983-9324
www.conscientiaesaude.org.br

Conscientiae Saúde ©2020 Todos os direitos reservados.