Efeito dos intervalos entre séries na hipotensão pós-exercício resistido: uma revisão sistemática

Alfredo Anderson Teixeira-Araujo, Loumaíra Carvalho da Cruz, Eduardo Seiji Numata Filho, Sérgio Rodrigues Moreira

Resumo


Introdução: A hipotensão pós-exercício é definida como uma redução da pressão arterial, após uma única sessão de exercício, para valores abaixo dos observados no repouso pré-exercício. Objetivo: Revisar sistematicamente a literatura quanto ao efeito dos intervalos de recuperação entre séries na hipotensão pós-exercício resistido. Métodos: Foram realizadas buscas por dois investigadores independentes nas bases de dados Pubmed, Scopus e Cochrane Controlled Trials Database. Resultados: Foram encontrados 570 estudos entre 1980 e 2016, onde destes, 6 atenderam os critérios de elegibilidade. Conclusão: O intervalo de recuperação de 120 segundos entre séries parece promover maior duração e magnitude na hipotensão pós-exercício resistido quando adotado o método convencional. Por outro lado, quando o método circuitado foi realizado, 30 a 40 segundos de intervalo de recuperação entre séries podem ser importantes na indução da hipotensão pós-exercício resistido de pressão arterial sistólica.

Palavras-chave


Treinamento de resistência; Hipotensão pós-exercício; Descanso.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/conssaude.v16n1.6760

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 ConScientiae Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Conscientiae Saúde
ISSN: 1677-1028
e-ISSN: 1983-9324
www.conscientiaesaude.org.br

Conscientiae Saúde ©2020 Todos os direitos reservados.