Elaboração de equipamentos para mensuração de força isométrica de punho e antebraço

André Ricardo Césares Arruda, Rodrigo César Rosa, Fábio Sisconeto de Freitas, Jorge Alfredo Léo, Antônio Carlos Shimano, Dernival Bertoncello

Resumo


Neste trabalho, foram elaborados dois torquímetros para análise de força isométrica durante as contrações voluntárias máximas de punho e antebraço. Após a confecção dos equipamentos, foram realizados testes piloto com voluntários universitários, sendo registradas as medidas de torques. Houve diferença significativa entre os gêneros, quando se comparou a força desempenhada em posição neutra de punho, sem desvios. No que se refere às medidas de pronação e supinação de antebraço, os homens desempenharam mais força que as mulheres, em todas as posições iniciais de análise. Notaram-se diferenças significativas quando se comparou a lateralidade, ou seja, houve maiores valores de força de pronação e supinação (em Nm) de antebraço direito do que de esquerdo, para homens (209,95±55,93 de pronação e 211,94±62,76 de supinação) e mulheres (98,42±34,68 de pronação e 89,60±28,10 de supinação). É possível, por meio dos equipamentos, comparar a contração muscular voluntária máxima e a despendida em atividades laborais que necessitam de movimentos associados à força de antebraço e punho.

Palavras-chave


Desvio radial; Desvio ulnar; Pronação; Supinação; Torquímetro.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/conssaude.v7i1.743

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2008 ConScientiae Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Conscientiae Saúde
ISSN: 1677-1028
e-ISSN: 1983-9324
www.conscientiaesaude.org.br

Conscientiae Saúde ©2022 Todos os direitos reservados.

Esta obra está licenciado com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional