Efeitos da técnica isostretching em pacientes com escoliose: uma revisão sistemática

Hitallo Lima da Silva, Flávia Helena Germano Bezerra, Patrícia Xavier Lima Gomes, Francisco Fleury Uchoa Santos-Júnior

Resumo


Introdução : O isostreching é uma modalidade terapêutica onde o tratamento é focado na melhora dos desequilíbrios posturais. Objetivo : Identificar os efeitos da técnica isostreching no tratamento da escoliose. Métodos : Trata-se de uma revisão sistemática de estudos publicados entre os anos de 1997 e 2017. Foram utilizados os termos de busca: escoliose, isostretching, isolados e associados em português e em inglês nas bases de dados Google acadêmico, SciELO; PEDro; PubMed; Bireme e Cochrane. Resultados : Durante a pesquisa foram encontrados 314 artigos, após a leitura e os critérios estabelecidos, foram selecionados para compor a revisão 6 estudos. A técnica apresentou resultados positivos em relação ao padrão postural, gibosidade e ângulo de Cobb. Conclusão : Pode-se concluir que a técnica de isostretching na escoliose teve resultados positivos, entretanto os resultados ainda são bastante discutíveis, haja visto que a quantidade de ensaios clínicos que abordaram o tema é baixa.

Palavras-chave


Curvaturas da Coluna Vertebral; Postura; Fisioterapia.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/conssaude.v17n1.7858

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 ConScientiae Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Conscientiae Saúde
ISSN: 1677-1028
e-ISSN: 1983-9324
www.conscientiaesaude.org.br

Conscientiae Saúde ©2020 Todos os direitos reservados.