Saberes culturais amazônicos e a cultura como práxis: uma análise sob a teoria do uso de Zygmunt Bauman

Antonia Fladiana Nascimento dos Santos, Ângela do Céu Ubaiara Brito

Resumo


O presente estudo trata de uma pesquisa qualitativa educacional realizada na rica diversidade cultural da região do Beira Amazonas, no estado do Amapá e investiga quais as contribuições da teoria do uso, fundamentada em Zygmunt Bauman, para a análise cultural da Amazônia amapaense? Tem como objetivo geral analisar a teoria do uso, com base nos princípios do autor Zygmunt Bauman, no contexto cultural da Amazônia amapaense no sentido de compreender os saberes da região. Especificamente, o estudo visa a descrever a história do conceito de cultura, a diferenciar a teoria do uso de outras teorias de análise cultural e a identificar os saberes culturais amazônicos a partir das categorias da teoria do uso de Zygmunt Bauman. A metodologia ancora-se na abordagem qualitativa, pautada no estudo de caso, com a entrevista semiestruturada como técnica de coleta de dados. Os dados foram analisados por meio da análise de conteúdo. Constatou-se que a teoria do uso possui grandes contribuições na análise do universo cultural amazônico tendo em vista a singularidade peculiar do mesmo, assim como colabora na compreensão da riqueza cultural deste universo amazônico em tempos de hibridizações culturais globalizantes na época da modernidade líquida.

Palavras-chave


Teoria do uso; Saberes culturais; Amazônia.

Texto completo:

PDF

Referências


BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2016.

BAUMAN, Zygmunt. A cultura no mundo líquido moderno. Rio de Janeiro: Zahar, 2017.

BAUMAN, Zygmunt. Ensaios sobre o conceito de cultura. Rio de Janeiro: Zahar,

EAGLETON, Terry. A ideia de Cultura. São Paulo: Editora Unesp, 2005.

LOUREIRO, João de Deus Paes. Cultura Amazônica: uma poética do imaginário - 5 ed. - Ma-naus: Editora Valer, 2015.

MEIHY, José Carlos Sebe Bom. Manual de história oral - 4 ed. - São Paulo: Edições Loyola, 2000.

PIZARRO, Ana. Amazônia: as vozes do rio: imaginário e modernização. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2012.

PORRO, Antonio. O povo das águas: ensaios de etno-história amazônica. 2 ed. Manaus: EDUA, 2017.

SANTOMÉ, Jurjo Torres. As culturas negadas e silenciadas no currículo. In: SILVA, Tomaz Tadeu da.(org.) Alienígenas na Sala de aula. Petrópolis: Vozes, 2013.

YIN, Robert K. Estudo de caso: planejamento e métodos. – 3 ed. – Porto Alegre: Bookman, 2015.




DOI: https://doi.org/10.5585/cpg.v19n2.18485

Direitos autorais 2020 Cadernos de Pós-graduação

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Cadernos de Pós-graduação
e-ISSN: 2525-3514
www.cadernosdepos.org.br

Cadernos de Pós-graduação ©2021 Todos os direitos reservados.

Esta obra está licenciada com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional