Laboratório colaborativo em arte e educação:processos de criação em grupo entre educadores

Ariane Alfonso Azambuja de Oliveira Salgado, Bruno Ferreira de Souza, Cecília Almeida Salles

Resumo


 

O artigo apresenta uma análise sobre os processos de criação em grupo ocorridos no projeto de educação não formal Laboratório Colaborativo em Arte e Educação, desenvolvido durante o ano de 2018 entre a galeria de arte da CAIXA Cultural Curitiba e três escolas da cidade de Curitiba. A análise é realizada a partir de documentos de processos arquivados, como fotografias, desenhos, vídeos, chats, avaliações por escrito, entre outros, que indicam os movimentos de diversos sujeitos envolvidos no projeto (professores, educadores de museus, estudantes, famílias e artistas) para a criação dos planejamentos. O estudo tem como objetivo avaliar, de um ponto de vista qualitativo, o diálogo obtido entre museu e escola. A metodologia utilizada tem como base teórica a crítica de processos criativos, de Cecília Almeida Salles; a reflexão sobre diálogo é desenvolvida a partir de Paulo Freire; e as autoras Maria da Glória Gohn e Michèle Petit sustentam os debates sobre planejamento, mediação cultural e educação não formal no campo da arte. Compreendemos a partir da pesquisa que a avaliação de uma ação educativa será tanto mais rica quanto mais documentos possuirmos para relacionar entre si e que a abertura para as transformações do planejamento durante cada experiência do projeto favoreceu a qualidade do diálogo entre as escolas e o museu e constituíram em si parte do próprio diálogo.

 

 


Palavras-chave


Avaliação; Diálogo; Educação não formal; Museu de arte; Processo de criação em grupo

Texto completo:

PDF

Referências


FERREIRA, Alessandra. Encerramento/Avaliação Edição 3. [21 out. 2018]. Pesquisadores: Ariane Alfonso Azambuja de Oliveira Salgado e Bruno Ferreira de Souza. Curitiba, 2018. 1 arquivo de audiovisual (gravação em vídeo: VID_20181021_125245544, 28min14s).

FREIRE, Paulo. Cartas à Guiné-Bissau: registros de uma experiência em processo. 4.ª ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1978.

FREIRE, Paulo; SHOR, Ira. Medo e Ousadia: o cotidiano do professor. Tradução de Adriana Lopez. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1986.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996. Coleção Leitura.

FREIRE, Paulo. Professora Sim, Tia Não: cartas a quem ousa ensinar. 12.ª ed. São Paulo: Olho D’Água, 2002.

GABRE, Solange de Fátima. Para Habitar o Museu com o Público Infantil: uma proposta de formação colaborativa entre professoras da infância e profissionais do Museu Municipal de Arte de Curitiba. 2016. Tese. Faculdade de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação. UFRGS, Porto Alegre-RS.

GOHN, Maria da Glória. Educação não formal nas instituições sociais. Revista Pedagógica, Chapecó, v. 18, n. 39, p. 59-75, set./dez. 2016.

MOSTRA Bienal CAIXA de Novos Artistas, 2017/2018 (2.ª). Catálogo. [s.l.]: CAIXA Cultural, 2018. il. Color.

MOSTRA Mundo Giramundo. Catálogo. Concepção de projeto: Marcos Malafaia. Curadoria: Beatriz Apocalypse, Ulisses Tavares, Marcos Malafaia. [s.l.]: CAIXA Cultural, 2018. il. Color.

PETIT, Michèle. Ler o Mundo: experiências de transmissão cultural nos dias de hoje. Tradução de Julia Vidile. São Paulo: Editora 34, 2019.

PORTINARI: a construção de uma obra. Catálogo. Idealização e curadoria: Luiz Fernando Dannemann. Realização: Dannemann Entretenimento. [s.l.]: CAIXA Cultural, 2018. il. Color.

SALLES, Cecília Almeida. Arquivos de Criação: arte e curadoria. Vinhedo: Editora Horizonte, 2010.

SALLES, Cecília Almeida. Processos de Criação em Grupo: diálogos. São Paulo: Estação das Letras e Cores, 2017.

SALLES, Cecília Almeida. Redes da Criação: construção da obra de arte. 2a ed. Vinhedo: Editora Horizonte, 2014.

SILVA, Ester das Neves. Encerramento/Avaliação Edição 3. [21 out. 2018]. Pesquisadores: Ariane Azambuja Salgado e Bruno Ferreira. Curitiba, 2018. 1 arquivo de audiovisual (gravação em vídeo: VID_20181021_125245544, 28min14s).




DOI: https://doi.org/10.5585/eccos.n56.16645

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 EccoS – Revista Científica

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

EccoS – Revista Científica

e-ISSN: 1983-9278
ISSN: 1517-1949
www.revistaeccos.org.br

EccoS – Revista Científica ©2021 Todos os direitos reservados.

Esta obra está licenciada com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional