A Estratégia de Internacionalização de Negócios na Perspectiva da Tradução Cultural: O Caso da Indicação Geográfica no Agronegócio
Http://Dx.Doi.Org/10.5585/Riae.V9i2.1670

Simone de Lira Almeida, Fernando Gomes de Paiva Júnior, José Roberto Ferreira Guerra

Resumo


A estratégia de internacionalização de negócios é contemplada na perspectiva da tradução cultural do queijo coalho produzido no agreste pernambucano, com alvo no processo de aquisição da Indicação Geográfica. A pesquisa documental com o suporte da análise temática de conteúdo auxiliou na investigação das comunicações institucionais do Serviço Brasileiro de Apoio as Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), que dizem respeito ao processo de certificação de origem para promoção do produto no mercado externo. As estratégias de tradução cultural adotadas pelos produtores de queijo se coadunam com a atuação em rede dos atores envolvidos na tarefa de certificação para a melhoria da qualidade e agregação de valor ao produto. A padronização e a adaptabilidade aos parâmetros dos órgãos reguladores do agronegócio contribuem para a adequação do produto a códigos culturais mundializados e sua comercialização na arena internacional.


Palavras-chave


Dimensão Cultural; Internacionalização De Negócios; Identidade Cultural

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/ijsm.v9i2.1670

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2010 Revista Ibero-Americana de Estratégia – RIAE

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Iberoamerican Journal of Strategic Management (IJSM)
Revista Ibero-Americana de Estratégia (RIAE)
e-ISSN: 2176-0756
https://periodicos.uninove.br/index.php?journal=riae

Copyright © 2020 Iberoamerican Journal of Strategic Management (IJSM) All rights reserved.
Revista Ibero-Americana de Estratégia (RIAE) ©2020 Todos os direitos reservados.