Efetividade de dedeira de gaze comparada à escova dental convencional no controle do biofilme dentário em bebês

Márcia Cançado Figueiredo, Daniel Demétrio Faustino-Silva

Resumo


Este trabalho teve como objetivo avaliar a efetividade de uma dedeira, confeccionada com gaze, comparada com uma escova convencional, na desorganização do biofilme dentário de dentes decíduos em irrupção. Para tal fim, foram distribuídos aleatoriamente, em dois grupos, vinte bebês, de ambos os sexos, com idade variando entre seis e dezoito meses: I – dedeira e II – escova convencional. A quantidade de biofilme dentário foi mensurada, mensalmente, utilizando o índice de placa (PHP modificado), durante três meses. Os resultados encontrados foram um aumento contínuo do índice de placa no grupo I, passando de 51%, no exame inicial, para 58%, na avaliação final, contrastando com a redução do índice no grupo II, que passou de 49%, no exame inicial, para 12%, na avaliação final. Com base nesses resultados, foi possível concluir que a dedeira deve ser utilizada para higienização da cavidade bucal do bebê antes da irrupção dos primeiros dentes decíduos, sendo a escova convencional o instrumento ideal e realmente eficaz a ser adotado quando os primeiros dentes decíduos irrompem na cavidade bucal.

Palavras-chave


Dedeira; Escova dentária; Higiene bucal de bebês; Placa dentária; Prevenção.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/conssaude.v7i3.1332

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2008 ConScientiae Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Conscientiae Saúde
ISSN: 1677-1028
e-ISSN: 1983-9324
www.conscientiaesaude.org.br

Conscientiae Saúde ©2021 Todos os direitos reservados.

Esta obra está licenciado com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional