Avaliação do interesse dos pais pela saúde bucal de seus filhos pelo índice de comparecimento às consultas odontológicas de crianças em idade pré-escolar

Darlene Siqueira, Anderson Sena Barnabé, Rogério Barbosa de Deus, Renato Ribeiro Nogueira Ferraz

Resumo


Este estudo teve por objetivo quantificar o índice de comparecimento às consultas odontológicas de crianças entre 4 e 5 anos de idade, frequentadoras de pré-escola, agendadas em um espaço coletivo predeterminado e encaminhadas para uma Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima de suas residências. Após terem sido examinadas e classificadas, por meio de critérios específicos de risco para a doença cárie, como de alto risco, buscou-se relacionar esse índice obtido com o conhecimento dos pais sobre a prevenção e manutenção da dentição decídua. Os resultados indicaram a ausência de informações dos pais ou responsáveis sobre a importância da prevenção e manutenção da dentição decídua na arcada, fato observado pelo alto índice de falta às consultas agendadas, mesmo diante da gratuidade do tratamento.

Palavras-chave


Comparecimento às consultas; Crianças; Interesse dos pais; Saúde bucal.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/conssaude.v8i2.1493

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2009 ConScientiae Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Conscientiae Saúde
ISSN: 1677-1028
e-ISSN: 1983-9324
www.conscientiaesaude.org.br

Conscientiae Saúde ©2020 Todos os direitos reservados.