Prevalência de jovens universitários tabagistas e suas inter-relações

Victor Barbosa Ribeiro, Michele Santos de Melo Ireno, Fábio Luiz Mendonça Martins, Vanessa Pereira de Lima

Resumo


Introdução: O tabaco é a droga mais consumida no mundo e sua utilização por adolescentes e adultos jovens tem aumentado. Objetivos: Identificar a prevalência do tabagismo em jovens universitários e sua associação com o hábito de consumirem bebidas alcoólicas e de praticarem exercício físico. Método: Foram entrevistados 360 universitários, de ambos os gêneros, idade entre 18 e 24 anos, tendo sido avaliados com relação ao hábito tabágico, nível dependência nicotínica e a outros hábitos associados. Resultados: Encontrou-se uma prevalência de tabagistas de 6,9%, não ocorrendo diferença entre os gêneros. A maioria dos fumantes não realizava exercício físico e apresentava grau baixo e muito baixo de dependência nicotínica. Foi identificada relevante associação entre o hábito de fumar e o consumo de bebidas alcoólicas. Conclusão: É necessário desenvolver programas que incentivem a cessação do hábito tabágico, assim como a divulgação de informações sobre os malefícios do tabaco e bebidas alcoólicas.

Palavras-chave


Adolescente; Estudantes; Tabagismo.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/conssaude.v11n1.2877

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2012 ConScientiae Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Conscientiae Saúde
ISSN: 1677-1028
e-ISSN: 1983-9324
www.conscientiaesaude.org.br

Conscientiae Saúde ©2020 Todos os direitos reservados.