Intervenção fisioterapêutica na síndrome otodental – estudo de caso

Ana Claudia Nunciato, Andréa Corrêa Carrascosa

Resumo


Introdução: A Síndrome Otodental (SO) é caracterizada por anomalias dentais, perdas auditivas e coloboma ocular. Alterações oclusais são frequentes e estão associadas com desenvolvimento alterado da face. Objetivo: Avaliar o efeito da Facilitação Neuromuscular Proprioceptiva (FNP) para os músculos da mímica facial e Reeducação Postural Global (RPG) na postura da cabeça e cervical em portadora de SO. Métodos: Participou uma voluntária, 10 anos, com SO, apresentando perda auditiva e rinite alérgica, atraso na erupção dentária, dificuldade de respiração e hábitos parafuncionais. Foi aplicado um programa de exercícios de FNP para a face, seguido de RPG por sete semanas. Resultados: Observou-se melhora da expressão e tônus facial após o tratamento. Conclusão: A RPG associada à FNP na face promoveu melhora da força dos músculos de mímica e de expressão facial e melhora da postura da cabeça e cervical em portadora de SO, sugerindo sua utilização como conduta fisioterapêutica nestes casos.

Palavras-chave


Anormalidades dentárias; Modalidades de fisioterapia; Postura.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/conssaude.v12n1.3865

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2013 ConScientiae Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Conscientiae Saúde
ISSN: 1677-1028
e-ISSN: 1983-9324
www.conscientiaesaude.org.br

Conscientiae Saúde ©2020 Todos os direitos reservados.