Avaliação in vitro da microinfiltração marginal de três diferentes sistemas adesivos em dentes decíduos

Marcelo Mendes Pinto, Sandra Kalil Bussadori, Fabiana Alessandra da Cunha, Doris Rocha Ruiz

Resumo


Este estudo trata da avaliação e comparação in vitro da microinfiltração marginal, composta de dois sistemas self-etching – One-Up Bond F (J. Morita) e Clear Fill SE Bond (Kuraray) – e de um sistema convencional single, Excite (Vivadent), em molares decíduos. Selecionaram-se 15 dentes, clinicamente hígidos, nos quais foram realizadas duas restaurações em resinas, ocluso proximais. Dividiram-se os dentes em três grupos, ficando dez corpos de prova para cada sistema adesivo. As interfaces resinas/esmaltes na parede gengival, foram avaliadas em cortes longitudinais, depois de serem submetidas a quatro horas de imersão em corante azul de metileno a 0,5% e ph 7,2. Os dados foram submetidos ao teste estatístico de Kruskall-Wallis, considerando-se a significância de 5%. Concluiu-se que, em todos os materiais avaliados, houve microinfiltração. O One-Up Bond F apresentou um menor grau de microinfiltração, com escore méido de 1,06, sendo, estatisticamente, significante quando comparado ao Clear Fill SE Bond, com escore médio de 2, e ao Excite, com escore médio de 2,16.

Palavras-chave


Dentes decíduos. Materiais dentários. Microinfiltração. Sistemas adesivos.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/conssaude.v5i1.437

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2006 ConScientiae Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Conscientiae Saúde
ISSN: 1677-1028
e-ISSN: 1983-9324
www.conscientiaesaude.org.br

Conscientiae Saúde ©2022 Todos os direitos reservados.

Esta obra está licenciado com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional