Análise do efeito do método Pilates no perfil postural de idosas

Joseane do Nascimento Muniz, Fernanda de Sousa Nunes, Felipe Aurélio Nunes de Sousa, Jany Aline Alencar de Oliveira, Luciane Marta Neiva de Oliveira, Michelle Vicente Torres

Resumo


O processo de envelhecimento é caracterizado por diversas alterações morfológicas, fisiológicas, funcionais e bioquímicas. Objetivos: Investigar o efeito da aplicação de exercícios do método Pilates sobre ângulos e distâncias dos segmentos corporais de idosas. Métodos: Realizou-se um estudo quantitativo, de intervenção, com aplicação de 20 sessões de exercícios do método Pilates, duas vezes por semana, em uma população de 20 idosas, as quais passaram por uma avaliação postural biofotogramétrica pré
e pós-intervenção. Resultados: Foram observadas diferenças posturais, constatando-se redução da distância do ângulo inferior da escápula, distância dos epicôndilos, distância do processo estiloide; distância entre T1 e os ângulos inferiores da escápula, diminuição do ângulo manúbrio do esterno e epicôndilos e alinhamento horizontal da cabeça. Conclusões: A prática de exercícios do método Pilates foi suficiente para promover melhora em algumas variáveis posturais. Recomenda-se a realização de novos estudos com população e frequência maiores para obter-se efeito positivo nas demais variáveis do perfil postural.

Palavras-chave


Exercício; Idoso; Postura.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/conssaude.v14n3.5397

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 ConScientiae Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Conscientiae Saúde
ISSN: 1677-1028
e-ISSN: 1983-9324
www.conscientiaesaude.org.br

Conscientiae Saúde ©2020 Todos os direitos reservados.