Perfil dos pacientes com fibrose cística atendidos em um hospital universitário de referência de Minas Gerais/Brasil

Rainna Fontes Gonçalves Costa, Andrezza Aparecida Aleixo, Rízia Silva Santana, Érica Carolina Campos Pulici, Laerte Honorato Borges-Júnior, Vivian Mara Gonçalves de Oliveira Azevedo

Resumo


Introdução: Os avanços no manejo da fibrose cística (FC) permitiram um aumento significativo da expectativa de vida dos indivíduos fibrocísticos Objetivo: Caracterizar o perfil epidemiológico e clínico dos pacientes com FC assistidos no ambulatório de um hospital universitário de referência no tratamento da doença. Métodos: Por meio da consulta aos prontuários dos pacientes em acompanhamento, foi realizada uma pesquisa descritiva, retrospectiva, entre janeiro a agosto de 2015. Resultados: A média de idade dos pacientes no período da avaliação e a média de idade ao diagnóstico foram de 10,06±6,93 e 1,71±3,28 anos, respectivamente. A maior parte da população era do sexo feminino, caucasiana, eutróficos, residentes fora do município de referência, possuía insuficiência pancreática, apresentava colonização bacteriana e realizava exercícios respiratórios, conforme orientados no ambulatório. A média do escore de Shwachman-Kulczycki foi de 88,63±11,09. Conclusão: Este perfil favorável evidencia que uma boa adesão ao tratamento e a compreensão acerca das orientações oferecidas pela equipe multiprofissional contribuíram para a manutenção do bom estado geral e estabilização dos sintomas.


Palavras-chave


Fibrose cística; Doença crônica; Ambulatório hospitalar.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/conssaude.v17n2.8227

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 ConScientiae Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Conscientiae Saúde
ISSN: 1677-1028
e-ISSN: 1983-9324
www.conscientiaesaude.org.br

Conscientiae Saúde ©2020 Todos os direitos reservados.