Instituições e sujeitos: saberes e poderes no processo de reorganização/ocupação das escolas públicas do estado de São Paulo

Anailton de Souza Gama, Roseli Trevisan Marques de Souza

Resumo


Neste artigo será apresentada uma análise discursiva da entrevista coletada em 2016 sobre o tema “A reorganização e as ocupações das escolas públicas do Estado em 2015”.  Cabe informar que no presente texto procuramos resgatar a memória de uma mãe de um estudante que participou juntamente com o filho do movimento estudantil denominado ocupações. Destaca-se que tal registro representa parte da memória da participante. O trabalho analítico que objetiva apresentar alguns sentidos dessa memória está sustentado na abordagem metodológica presente no título Gestos de Leitura: da história do discurso, organizado por Eni Puccinelli Orlandi (2010), o qual, por sua vez, está embasado nos princípios de Análise do Discurso de linha francesa que tem como um dos expoentes Pêcheux (2006).


Palavras-chave


Reorganização; Ocupações; Memória; Educação Básica.

Texto completo:

PDF

Referências


CHARAUDEAU, P. Discursos das mídias. São Paulo: Contexto, 2007.

DIJK, Teun A. van. Discurso e poder/Hoffnagel, J. & Falcone, K. (orgs.) São Paulo: Contexto, 2004.

DUCROT, O. verbete "énonciation" Supplément à L'Encyclopaedia Universalis. 1980.

FOUCAULT, M. Securité, territoire, population: cours au Collège de France (1977-1978). Paris: Hautes Études/Gallimard-Seuil. 1978.

FOUCAULT, M. Vigiar e punir: nascimento da prisão. Petrópolis/RJ: Vozes. 1976.

GAMA, A.S.; FLORES, M. R. C.S. Livro de ocorrência; das práticas discursivas ao vigiar e punir. Dis-ponível em: http://linguisticaelinguagem.cepad.net.br/EDICOES/08/Arquivos/06.pdf. Aces-so em: 24 set. 2020.

GOHN, M. da G. Movimentos e lutas sociais na história do Brasil. São Paulo: Loyola, 2013.

GREGOLIN, Maria do Rosário V. A análise do Discurso: Os sentidos e suas movências. In: Análise do Discurso: Entornos e Sentidos. Araraquara-SP: Cultura Acadêmica, 2001.

HALL, S. A identidade cultural na pós-modernidade. Rio de Janeiro: DP&A. 2000.

LE GOFF, J. História e Memória, Editora Unicamp: São Paulo, 1996.

MAINGUENEAU, D. Novas Tendências em Análise do Discurso. Campinas: Pontes. 1993.

ORLANDI, E. P. (org.) [et al]. Gestos de Leitura: da história do discurso. Petrópolis: Vozes (2010).

ORLANDI, E. P. Interpretação: autoria, leitura e efeitos do trabalho simbólico. Petrópolis: Vo-zes, 2007.

ORLANDI, E. P. Discurso e leitura. São Paulo: Cortez, 2008.

ORLANDI, E. P. A linguagem e seu funcionamento. Campinas: Pontes, 2001.

PÊCHEUX, Michel. Discurso: Acontecimento ou Estrutura. Campinas. Pontes.2006.

PÊCHEUX, Michel. Papel da Memória. In: ACHARD, P. at all. Papel da Memória. Campinas. Pontes. 1999.

TFOUNI, L. V.; ASSOLINI, F. E. Gestos de interpretação e de autoria em produções linguísticas orais e escritas: desafios e possibilidades. Disponível em: https://anped.org.br/sites/default/files/gt10-1937-int.pdf. Acesso em: 22 set. 2020.




DOI: https://doi.org/10.5585/cpg.v19n2.18261

Direitos autorais 2020 Cadernos de Pós-graduação

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Cadernos de Pós-graduação
e-ISSN: 2525-3514
www.cadernosdepos.org.br

Cadernos de Pós-graduação ©2021 Todos os direitos reservados.

Esta obra está licenciada com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional