Educação especial e inclusão: o que dizem os professores nos primeiros anos de carreira docente na rede pública municipal de ensino em Maceió-AL?

Eva Pauliana da Silva Gomes, Edna Cristina do Prado

Resumo


O objetivo central da presente pesquisa é apresentar a promoção, os obstáculos e as perspectivas da inclusão escolar no Ensino Fundamental I a partir da percepção dos professores que estão no início da carreira docente na rede pública de ensino municipal da capital alagoana. A pesquisa tem uma abordagem qualitativa e utilizaram-se questionários. Os resultados apontam que os professores com carreira docente iniciante veem a inclusão escolar com avanços adquiridos a partir de aspectos legais, mas afirmam que a implementação na prática ainda é distante da realidade. A promoção explicita-se na garantia da acessibilidade ao cotidiano escolar. Entre os obstáculos, destacam-se as limitações da formação inicial; a ausência de apoio pedagógico e a adaptação de atividades a partir das necessidades educacionais das crianças e as perspectivas estão relacionadas à constante busca por verdadeiros espaços de aprendizagem inclusiva com práticas pedagógicas que atendam às especificidades de cada criança.


Palavras-chave


educação especial; inclusão escolar; carreira docente inicial

Texto completo:

PDF

Referências


AZEVEDO, Maria Antonia Ramos de; CUNHA, Gracilliani Rosa da. Gestão Escolar e Educação Inclusiva: uma parceria necessária e emergente na escola. Educação: Teoria e Prática - v. 18, n.31, jul.-dez.-2008, p.53-72. Rio Claro, SP, Brasil - eISSN: 1981-8106.

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. Trad. Luís Antero Reto e Augusto Pinheiro. Lisboa: Edições 70, 2002.

BARBOSA, Marily Oliveira Barbosa. FUMES, Neiza de Lourdes Frederico. Educação Especial no município de Maceió/Alagoas: a fragilidade das políticas públicas. Cad. Cedes, Campinas, v. 38, n. 106, p. 281-298, set.-dez.., 2018.

BRASIL. Decreto nº 3.076, de 01 de junho de 1999. Disponível em: . Acesso em: 14 jan de 2021.

BRASIL. Decreto nº 5.625, de 22 de dezembro de 2005. Disponível em: . Acesso em: 10 jan. 2021.

BRASIL. Lei nº 13.005, de 25 de junho de 2014. Disponível em: < https://www2.camara.leg.br/legin/fed/lei/2014/lei-13005-25-junho-2014-778970-publicacaooriginal-144468-pl.html. Acesso em: 02 jan. 2021.

BRASIL. Lei nº 10.172, de 9 de janeiro de 2001. Disponível em: . Acesso em: 02 dez. 2020.

BRASIL. Decreto nº 7.611, de 17 de novembro de 2011. Disponível em: . Acesso em 04 dez. 2020.

BRZEZINSKI, Iria. Formação de profissionais da Educação e mudanças da LDB/1996: dile-mas e desafios? Contradições e compromissos? BRZEZINSKI, Iria (Org.) LDB/1996 Contem-porânea: contradições, tensões, compromissos. São Paulo, Cortez, 2014.

CARVALHO, Cícero Péricles. A Economia. MENDONÇA, Carlos Alberto; AMORIM, Luis (Orgs.). Maceió Duzentos Anos. Instituto Arnon de Mello, 2015.

GARCIA, Rosalba Maria C.; MICHELS, Maria Helena. A política de educação especial no Brasil (1991-2011): uma análise da produção do GT 15 – Educação Especial da Anped. Rev. Bras. Ed. Esp., Marília, v.17, p.105-124, Maio-Ago., 2011. Edição Especial.

LEONE, Naiara Mendonça; LEITE, Yoshie Ussami Ferrari. O início da carreira docente: im-plicações à formação inicial de professores. Revista Eletrônica Pesquiseduca – p.236- 259 - v. 03, n. 06 - jul. –dez. 2011.

OLIVA, Diana Villac. Barreiras e recursos à aprendizagem e à participação de alunos em situação de in-clusão. Psicol. USP vol.27 no.3 São Paulo set./dez. 2016. Disponível em:

< https://www.scielo.br/pdf/pusp/v27n3/1678-5177-pusp-27-03-00492.pdf>. Acesso em: 14 jan 2021.

PEREIRA, Eva Waisros. ZULEIDE, Araújo. Reexaminado a educação básica na LDB: ganhos e perdas após dezessete anos. BRZEZINSKI, Iria (Org.). LDB/1996 Contemporânea: contradi-ções, tensões e compromissos.

QUADROS, Ronice Muller de. Educação de surdos a aquisição da linguagem. Porto Alegre: Editora Artes Médicas Sul Ltda, 1997.

SILVA, Aline Maria. Educação Especial e Inclusão Escolar. Curitiba: Ibpex, 2010.

SILUK, Ana Cláudia Pavão (Org.). Atendimento Educacional Especializado: contribuições para a prática pedagógica. 1.ed., 1. reimpr. Santa Maria: Laboratório de pesquisa e documentação–ce. Universidade Federal de Santa Maria: ufsm, 2014

STAINBACK, S. et al. A aprendizagem nas escolas inclusivas: e o currículo?. In: STAIN-BACK, S. & STAINBACK, W. Inclusão: Um guia para educadores. Tradução de Magda França Lopes. Porto Alegre: Artmed Editora S.A., 1999. pg. 240 – 250.




DOI: https://doi.org/10.5585/cpg.v20n1.19176

Direitos autorais 2021 Cadernos de Pós-graduação

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Cadernos de Pós-graduação
e-ISSN: 2525-3514
www.cadernosdepos.org.br

Cadernos de Pós-graduação ©2021 Todos os direitos reservados.

Esta obra está licenciada com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional